Mais uma vitória de Fabiano Machado na F-3 Sudamericana

28 de agosto de 2011

Foram 16 voltas de um duelo de tirar o fôlego. A 15a etapa da Fórmula 3 Sudamericana, realizada no início da tarde deste domingo (28) em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, terminou com mais uma vitória do paulista Fabiano Machado depois de um início de prova eletrizante marcado pela disputa entre o piloto da Cesário Fórmula e o mineiro Guilherme Silva, da Hitech Racing.

Segundo no grid, Silva assumiu a liderança da corrida na largada e aproveitou-se da posição para controlar o ritmo de Machado durante a primeira metade da corrida. O duelo entre os dois teve dois momentos distintos, e quando parecia caminhar para um desfecho favorável a Guilherme Silva, culminou com a ultrapassagem de Machado sobre o líder no final da reta oposta do circuito.

Pole position e autor da volta mais rápida da corrida, Fabiano teve, nitidamente, um carro mais rápido neste domingo, e tentou recuperar a posição perdida na primeira volta durante as primeiras 15 voltas. Depois de cometer um erro em razão da grande quantidade de poeira presente fora do traçado ideal da pista, o piloto da Cesário Fórmula chegou a perder contato com Guilherme Silva, mas se recuperou nas voltas finais e recomeçou a disputa.

“As corridas de sábado e de hoje (domingo) foram muito boas para mim e me possibilitaram um grande aprendizado. Neste domingo acabei perdendo a liderança na largada e nessa pista é muito difícil ultrapassar. Saindo do trilho o carro perde muita aderência, então passei metade da corrida tentando recuperar a liderança, o que acabei conseguindo só no finalzinho”, comemorou o líder do campeonato.

A segunda fase do duelo pela ponta durou apenas uma volta, e também foi definido por um pequeno erro causado pelo excesso de poeira na pista. Silva perdeu tração na entrada da reta oposta, e acabou sendo ultrapassado no final dela em uma manobra arrojada do vencedor – que chegou a colocar duas rodas para fora dos limites do asfalto.

“Estava realmente muito difícil de segurar o Fabiano, que assim como nas corridas de ontem, teve um ritmo melhor especialmente nas voltas finais. De qualquer forma a corrida foi positiva e saímos daqui com três bons resultados”, comentou Guilherme Silva, que mesmo sem ter feito duas das cinco rodadas triplas deste ano, está a um ponto da vice-liderança do campeonato.

Enquanto os dois primeiros colocados se digladiavam pela ponta, o paulista João Leme, companheiro de Silva na Hitech Racing, abria caminho para conquistar seu segundo pódio na rodada tripla deste fim de semana. Ele poderia ter terminado a rodada tripla com três terceiras posições, mas reclamou por ter sido ultrapassado por Leonardo Souza de maneira antidesportiva na corrida de abertura do fim de semana.

O paranaense teria colocado as quatro rodas para fora da pista na última curva da última volta da prova inaugural, o que gerou um protesto formal do piloto da Hitech Racing. Os comissários analisaram as imagens disponíveis, mas mantiveram a decisão inicial por acharem que o vídeo não mostrava a manobra de maneira conclusiva.

Luir Miranda vence mais uma pela classe Light – O carioca Luir Miranda venceu pela segunda vez na rodada tripla de Campo Grande, e terminou seu fim de semana de estreia na categoria satisfeito com o aprendizado adquirido na capital do Mato Grosso do Sul.

“O carro da Fórmula 3 Sul-Americana tem uma infinidade de regulagens e é muito prazeroso de guiar. Gostei bastante da experiência nesta estreia, e fico feliz pelo resultado. Sem dúvida esta foi uma experiência muito enriquecedora para mim, que recomendo a todos os pilotos que desejam seguir carreira em carros do tipo fórmula”, encerrou.

O próximo desafio da Fórmula 3 Sudamericana está marcado para os dias 10 e 11 de setembro em Santa Cruz do Sul (RS). Veja como terminou a corrida deste domingo em Campo Grande, e como ficou o campeonato após 15 etapas:

1) Fabiano Machado, 25 voltas em 34min21s279
2) Guilherme Silva, a 1s801
3) João Leme, a 17s789
4) Fernando Resende, a 33s389
5) Ronaldo Freitas, a 46s969
6) Luir Miranda (L), a 50s298
7) Ricardo Landucci (L), a 52s912
8) Leonardo Souza, a 17 voltas
9) Igor Hoffmann (L), a 18 voltas

Campeonato
1) Fabiano Machado, 307
2) Ronaldo Freitas, 178
3) Guilherme Silva, 177
4) Fernando Resende, 167
5) Leonardo Souza, 142
6) João Leme, 127

Campeonato – Classe Light
1) Bruno Bonifácio, 243 pontos
2) Luir Miranda, 68
3) Algusto Scalbi, 61
4) Hernán Bueno, 45
5) Ricardo Landucci, 43
6) Suzane Carvalho, 40
7) Stuart Turvey, 36
8) Beto Monteiro, 25

Foto: Flávio Quick – Divulgação.