Alceu Feldmann vence a primeira na carreira e Max Wilson assume liderança da Mobil Super Final

18 de setembro de 2011

Alceu Feldmann (A.Mattheis Motorsport) fez uma corrida impecável, usou uma estratégia perfeita e venceu pela primeira vez após mais de 100 participações na Stock Car. Na prova, que abriu a Mobil Super Final da temporada 2011 da  Stock Car, o pódio foi completado por dois postulantes ao título, com Marcos Gomes (Medley FullTime) em segundo, à frente de Cacá Bueno (Red Bull Racing). A nona etapa da temporada foi realizada na agradável cidade de Santa Cruz do Sul, onde cerca de 34 mil pessoas viram de perto Alceu Feldmann fazer história.

No pódio, a alegria do piloto catarinense radicado há tempos em Curitiba foi nítida. Ele beijou o degrau destinado ao vencedor e comemorou muito. “Tenho que agradecer a Deus por essa conquista e a toda equipe que trabalhou muito bem. O sabor da vitória é muito especial para mim e ninguém tira isso”, falou o piloto que não levou os pontos conquistados na prova, porque na vistoria técnica o tanque de combustível do carro #100 não apresentou o mínimo de etanol previsto no regulamento técnico.

A mesma coisa aconteceu com Marcos Gomes, um dos 10 pilotos que disputa o título da temporada na Mobil Super Final 2011. Na vistoria técnica feita pelos comissários da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), faltou o mínimo de combustível previsto no regulamento. Com isso, ele não marcou os 20 pontos destinados ao segundo lugar, e não poderá descartar este resultado na superfinal. “O Alceu fez uma boa estratégia e soube administrar a corrida quando assumiu a liderança”, comentou Gomes na coletiva de imprensa.

Cacá Bueno, por sua vez, também elogiou o desempenho de Alceu Feldmann, que deu o bote para vencer, porque largou da 26ª posição e parou na hora certa para fazer o reabastecimento. “Queria dar os parabéns ao Alceu, que é um grande sujeito e vinha merecendo. Foi uma estratégia arriscada, que quem está na briga pelo título não pode fazer. Mas é mérito dele, que soube aproveitar bem o regulamento. Se eu tivesse no lugar dele teria feito a mesma coisa”, declarou após a prova o terceiro colocado em Santa Cruz do Sul.

O atual campeão da Copa Caixa Stock Car, Max Wilson (Eurofarma), chegou em quinto lugar. E, apesar de não ter subido ao pódio, assumiu a liderança da Mobil Super Final, com 232 pontos. Cacá Bueno pulou para segundo na classificação em busca do tetracampeonato, com 230 pontos.

A próxima etapa da temporada da Copa Caixa Stock Car, a décima do ano e a segunda da Mobil Super Final 2011, será daqui duas semanas, no dia 2 de outubro no Autódromo Internacional Ayrton Senna, na cidade de Londrina, no Paraná.

Resultado da 9ª etapa da  Stock Car – primeira da Mobil Super Final
Autódromo de Santa Cruz do Sul, RS

1º) Alceu Feldmann, A.Mattheis Motorsport (Chevrolet) – 32 voltas, em 49min29s488
2º) (MSF) Marcos Gomes, Medley FullTime (Peugeot) – a 1s843
3º) (MSF) Cacá Bueno, Red Bull Racing (Peugeot) – a 11s429
4º) (MSF) Ricardo Maurício, Eurofarma RC (Chevrolet) – a 12s481
5º) (MSF) Max Wilson, Eurofarma RC (Chevrolet) – a 13s712
6º) Valdeno Brito, Esso Mobil Super Racing FTS (Chevrolet) – a 14s720
7º) (MSF) Popó Bueno, A.Mattheis Motorsport (Chevrolet) – a 15s560
8º) Nonô Figueiredo, Esso Mobil Super Racing FTS (Chevrolet) – a 21s593
9º) Felipe Maluhy, Officer ProGP (Chevrolet) – a 26s391
10º) (MSF) Luciano Burti, Itaipava Racing Team (Peugeot) – a 27s202
11º) Ricardo Sperafico, Scuderia 111 (Peugeot) – a 30s149
12º) Lico Kaesemodel, Credipar RCM (Chevrolet) – a 33s399
13º) Duda Pamplona, Officer ProGP (Chevrolet) – a 40s291
14º) Julio Campos, Crystal Racing Team (Chevrolet) – a 42s796
15º) Rodrigo Sperafico, JF Racing (Peugeot) – a 43s861
16º) Xandinho Negrão, Medley FullTime (Peugeot) – a 57s567
17º) Eduardo Leite, Hot Car Competições (Chevrolet) – a 58s214
18º) Rodrigo Navarro, JF Racing (Peugeot) – a 1min30s664
19º) (MSF) Allam Khodair, Blau Vogel (Chevrolet) – a 1 volta
20º) Tuka Rocha, BMC Vogel (Chevrolet) – a 2 voltas
21º) Ricardo Zonta, Crystal Racing Team (Chevrolet) – a 3 voltas
22º) Sergio Jimenez, Scuderia 111 (Peugeot) – a 3 voltas
23º) Denis Navarro, Bassani Racing (Peugeot) – a 8 voltas
Não completou 75% (= 24 voltas)
24º) (MSF) Daniel Serra, Red Bull Racing (Peugeot) – a 10 voltas
25º) David Muffato, Itaipava Racing Team (Peugeot) – a 13 voltas
26º) (MSF) Átila Abreu, AMG Motorsports (Chevrolet) – a 20 voltas
27º) Diego Nunes, Bassani Racing (Peugeot) – a 23 voltas
28º) (MSF) Thiago Camilo, Ipiranga RCM (Chevrolet) – a 27 voltas
29º) Giuliano Losacco, Hot Car Competições (Chevrolet) – a 30 voltas
30º) Serafin Jr., AMG Motorsport (Chevrolet) – a 31 voltas
Melhor volta: Daniel Serra (Red Bull Racing), com 1min22s797

(MSF) = participam da Mobil Super Final

Classificação da temporada 2011 da Copa Caixa Stock Car:
Mobil Super Final*
1º) Max Wilson – 232 pontos
2º) Cacá Bueno – 230
3º) Ricardo Maurício – 226
4º) Thiago Camilo – 225
5º) Popó Bueno – 219
6º) Átila Abreu – 216
7º) Luciano Burti – 214
8º) Marcos Gomes – 209
9º) Daniel Serra – 207
10º) Allam Khodair – 206 pontos

* pontuação ainda não homologada pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA)

Fotos: Fernanda Freixosa e Duda Bairros /Vicar/Divulgação.