Christian Fittipaldi diz estar “Estou cansado de ser alvo”

25 de setembro de 2011

“Estou cansado de ser alvo”. Desta forma o piloto Christian Fittipaldi resumiu mais uma rodada do Trofeo Linea, disputada neste domingo (dia 25), no autódromo internacional de Curitiba, em Pinhas (PR). O desabafo veio após o piloto levar mais um toque na segunda corrida do final de semana e ver suas chances de voltar ao pódio irem embora.

Na primeira prova, pela manhã, Christian largou em 11º e fez uma excelente corrida de recuperação, chegando em sétimo. O resultado colocou o piloto em segundo lugar no grid de largada da prova seguinte.

Partindo da primeira fila, Fittipaldi tinha grandes chances de voltar ao pódio, mas logo na primeira curva levou um toque de Andre Bragantini. O piloto saiu da pista e voltou em último. Christian ainda vinha se recuperando, mas novamente se envolveu em um incidente, desta vez com o piloto Rogério Castro. A batida danificou bastante o carro, obrigando o piloto a abandonar.

“Estou cansado de levar esses toques. Sinceramente, não vejo a hora de terminar a temporada. Nunca vi nada assim”, lamentou Fittipaldi, que nas outras etapas também sofreu com os incidentes nas corridas.

“Na primeira etapa, deu tudo certo e o resultado foi muito bom. Mas infelizmente não consegui nem completar a primeira volta da prova seguinte sem levar um toque”, completou o piloto, que tinha começado bem a rodada, liderando os treinos de sexta-feira em Curitiba.

Os vencedores neste domingo foram Cacá Bueno (9ª etapa) e Giuliano Losacco (10ª etapa). Ao final da segunda prova, Bragantini (que havia chegado em terceiro) foi punido pelos incidentes na pista.

Com o resultado, Cacá Bueno garantiu o bicampeonato por antecipação. A última rodada da temporada será no dia 30 de outubro no Velopark, em Nova Santa Rita (RS).

Foto: José Mário Dias/Divulgação.