Safety Car derruba estratégia da Williams de Rubens em Cingapura

25 de setembro de 2011

Rubens Barrichello não teve uma corrida das mais fáceis na temporada de 2011 da Fórmula 1 e completou o Grande Prêmio de Cingapura, em Marina Bay, neste domingo (25), na 13ª posição. O brasileiro da Williams quase chegou dentro da zona de pontuação ao final da prova, mas a estratégia de uma troca de pneus a menos que a concorrência se tornou difícil para segurar o compatriota Felipe Massa na briga pelo décimo lugar. Rubens teve de fazer uma parada prematura na segunda visita aos pits devido a entrada do Safety-Car, após o acidente envolvendo Michael Schumacher.

“Dissemos desde o início que os pneus teriam uma vida dura. Quando o safety car entrou, a única chance de marcar pontos era permanecer na pista. Foi uma decisão difícil de fazer, pois ficaria muitas voltas com o mesmo pneu, e quando Massa veio atrás de mim, não havia nada que eu pudesse fazer. Tentamos, mas hoje não era o nosso dia”, disse Rubens.

Sebastian Vettel venceu a nona do ano e se aproximou muito do título, que deve ser decidido no Grande Prêmio do Japão, dia 9 de outubro, em Suzuka.

Resultado final da prova:

1º. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) – 61 voltas
2º. Jenson Button (GBR/McLaren) – a 1s7
3º. Mark Webber (AUS/Red Bull) – a 29s2
4º. Lewis Hamilton (GBR/McLaren) – a 55s4
5º. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – a 1min07s7
6º. Paul di Resta (GBR/Force India) – a 1min51s0
7º. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – a uma volta
8º. Adrian Sutil (ALE/Force India) – a uma volta
9º. Felipe Massa (BRA/Ferrari) – a uma volta
10º. Sergio Perez (MEX/Sauber) – a uma volta
11º. Pastor Maldonado (VEN/Williams) – a uma volta
12º. Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) – a uma volta
13º. Rubens Barrichello (BRA/Williams) – a uma volta
14º. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) – a duas voltas
15º. Bruno Senna (BRA/Renault) – a duas voltas
16º. Heikki Kovalainen (FIN/Lotus) – a duas voltas
17º. Vitaly Petrov (RUS/Renault) – a duas voltas
18º. Jerome d’Ambrosio (BEL/Marussia Virgin) – a duas voltas
19º. Daniel Ricciardo (AUS/HRT) – a quatro voltas
20º. Vitantonio Liuzzi (ITA/HRT) – a quatro voltas
21º. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) – a cinco voltas

Não completaram:
Jarno Trulli (ITA/Lotus) – a 14 voltas/motor
Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – a 33 voltas/colisão
Timo Glock (ALE/Marussia Virgin) – a 52 voltas/colisão

Volta mais rápida
Jenson Button (GBR/McLaren) – 1min48s454, na 54ª volta

Fotos: Jean Françóis Galeron/Divulgação.