Valdeno Brito lamenta abandono na etapa de Londrina

2 de outubro de 2011

Uma sequência de toques com Átila Abreu, faltando dez voltas para o final, tirou Valdeno Brito da corrida deste domingo (2) em Londrina (PR). Os dois estavam bem posicionados dentro da zona de pontos quando iniciaram uma disputa intensa, que terminou com ambos fora da prova, na antepenúltima etapa da temporada da Stock Car.

“Ele me passou usando o push-to-pass e em seguida eu tentei recuperar a posição também usando o dispositivo. Ele tentou se defender, mas é difícil controlar quando o outro carro vem com 100 cavalos de potência a mais e o resultado é que acabamos nos tocando a primeira vez, que foi quando voou minha porta”, conta Valdeno Brito.

“Aí minha corrida já havia praticamente terminado, estava conversando com a equipe para saber o que seria possível fazer, mas nos batemos outra vez na volta seguinte”, lamenta o piloto paraibano, que corria em casa, já que há cinco anos é morador de Londrina. Valdeno Brito, que largou em quinto, vinha fazendo boa prova de recuperação.

“Na largada, acabei ficando sem espaço pela esquerda, o Ricardinho (Maurício) me espremeu e fui parar na grama. Cai para décimo, mas vinha me recuperando bem, o carro era um dos mais rápidos da pista. Mas de positivo fica a certeza de que o nosso equipamento está bem competitivo e temos tudo para manter o bom desempenho nas próximas corridas”, conclui Valdeno Brito.

Foto: Fábio Oliveira/Divulgação.