Dani Pedrosa conquista primeiro lugar no circuito de Motegi

3 de outubro de 2011

Em um dia nublado e de baixa temperatura, o piloto da Equipe Repsol Honda, Dani Pedrosa subiu ao topo do pódio na 15ª etapa do Campeonato Mundial de Moto GP, realizada no circuito de Twin Ring Motegi, no Japão, neste final de semana (1 e 2). O espanhol Jorge Lorenzo e o australiano Casey Stoner (Repsol Honda) concluíram a prova na segunda e terceira colocações, respectivamente.

O evento foi marcado pela calorosa recepção dos japoneses. Quase sete meses após o terremoto seguido de tsunamis que devastaram a região, o público compareceu às arquibancadas com camisetas e bandeiras para agradecer a presença dos pilotos na disputa. A catástrofe natural forçou o adiamento da corrida para este mês de outubro e, mesmo assim, muitos fãs de velocidade foram torcer por seus ídolos nas pistas.

No asfalto, a bateria começou bastante equilibrada com Stoner na liderança. Porém, no final da reta o piloto perdeu o controle da moto e saiu do trajeto. Nesse momento, o líder do campeonato usou toda sua experiência para manter-se equilibrado e conseguiu a recuperação. O australiano retornou ao circuito na sétima posição, conseguiu ultrapassagens e garantiu um lugar entre os três primeiros colocados.

“A parte traseira saiu, consegui segurar o balanço e me manter em cima da moto. Fui pressionando os freios até ter o domínio e voltar para a corrida. Tive sorte. O resultado não foi bem o que eu queria, mas devo agradecer devido às circunstâncias. Estou ansioso para chegar às Ilhas Filipinas e garantir a recuperação dentro de casa. Preciso defender a liderança na classificação geral da competição”, afirma Casey Stoner.

Vencedor do Grande Prêmio do Japão, o espanhol Dani Pedrosa assumiu a frente na sétima volta e manteve a vantagem sobre seu compatriota Jorge Lorenzo. “Estou satisfeito com essa vitória. A disputa ficou acirrada comigo e com Lorenzo na frente. A estratégia foi baixar a cabeça para diminuir o atrito, empurrar e andar forte para abrir a diferente sobre os adversários. Felizmente consegui o primeiro lugar. Para mim, um resultado fantástico”, diz Pedrosa, dono do novo recorde do circuito com 1:46.090s.

Outro duelo emocionante foi entre os italianos Marco Simoncelli (San Carlo Honda Gresini) e Andrea Dovizioso (Repsol Honda). Ambos erraram na largada e foram penalizados. No final da corrida, o equilíbrio foi mantido até a penúltima volta, quando Simoncelli passou seu compatriota e garantiu o quarto lugar. “Foi uma grande etapa. No meu campo de visão, vi Dovizioso passar e soltei a embreagem. Não havia notado, mas a luz vermelha demorou a sair. Foi um erro que não posso cometer, mas no final valeu a pena a disputa e estou feliz com o resultado”, completa.

Companheiro de equipe de Simoncelli, Hiroshi Aoyama (San Carlo Honda Gresini) não encontrou problemas durante a bateria e concluiu o domingo (2) na nona colocação.

O Campeonato Mundial de Moto GP segue com Casey Stoner na liderança com 300 pontos. Em segundo está Jorge Lorenzo, com 260 pontos, seguido de Andrea Dovizioso, em terceiro, com 196 pontos. O espanhol Dani Pedrosa é o quarto colocado, com 195 pontos.

Fotos: Divulgação – Moto GP.