Nissan Frontier recebe novo motor turbodiesel 2.5 menos poluente

11 de fevereiro de 2012

A Nissan Frontier está mais econômica e emitindo menos poluentes. A Nissan buscou a tecnologia de ponta utilizada pela marca no continente europeu para atualizar o motor turbodiesel 2.5 16V e, assim, atender às novas exigências brasileiras de emissões. Os preços do novo ano-modelo começam em R$ 90.990.

Esta terceira geração do motor YDK 2.5 turbodiesel tem potência até 32% maior e o torque cresceu até 26%. A estratégia da Nissan foi oferecer um propulsor com muito mais força e potência para todas as versões 4×4. As opções XE 4×4 e SE Attack 4×4, por exemplo, passaram de 144 cavalos a 4 mil rpm para 190 cv a 3.600 rpm, enquanto a LE 4×4 e a LE Attack 4×4, com 172 cv a 6 mil rpm, também foram para 190 cv. As outras versões da linha, que desenvolviam 144 cv a 4 mil rpm (XE 4×2 e SE 4×2), pularam para 163 cv a 3.600 rpm.

O torque aumentou na XE 4×4 e na SE Attack 4×4 de 36,3 kgfm a 2 mil rpm para 45,8 kgfm a 2 mil rpm, mesma força das versões LE 4×4 e LE Attack 4×4 – 26% a mais. Na XE 4×2 e na SE 4×2, o novo motor passa a entregar 41,09 kgfm a 2 mil rpm, 13% a mais. Ou seja: a picape mais forte do segmento ficou ainda mais forte e potente.

Mesmo com a performance melhorada, a Nissan Frontier ficou mais econômica. Em comparação com o motor anterior, a economia de combustível é de até 10%, resultado direto da tecnologia empregada na construção do novo propulsor. As inovações também reduziram as emissões, fazendo com que a picape da Nissan seja a primeira do segmento a atender às normas do PROCONVE L6 no Brasil.

Foto: Divulgação

Tags: