Peugeot 3008 ganha mais potência

27 de fevereiro de 2012

Dono de um desempenho elogiável, assegurado por um moderno propulsor turbo, o Peugeot 3008 está ainda mais potente com uma nova versão do 1.6l THP, agora com 165 CV – o mesmo que equipa o cupê esportivo RCZ e o sedã 408. O ganho de 9 CV em relação à motorização que o equipava até então (156 CV) se deve a uma nova calibração do sistema de gerenciamento do propulsor, bem como à alteração de componentes internos, como novos pistões, e sistema de escape com um novo tipo de catalisador.

Alimentado por um sistema de injeção direta de gasolina, o motor de alumínio de 1.598 cm3 de cilindrada, desenvolvido com a BMW, tem cabeçote composto de 16 válvulas com comando de admissão variável, balancins roletados e desenvolve 165 CV de potência a 6.000 rpm. Com um torque máximo de 24,5 mkgf disponível a incríveis 1.400 rpm, oferece ao condutor força e segurança em ultrapassagens e retomadas de velocidade nos deslocamentos urbanos, por exemplo.

A ótima performance desse motor deve-se ao desenvolvimento de diversos componentes com o propósito de redução de atrito, gerando, assim, economia de combustível e baixíssima emissão de poluentes na atmosfera. Exemplo: o alternador, a bomba de óleo, a turbina do motor, a válvula termostática, a bomba d’água e o comando de válvulas de admissão são pilotados, ou seja, comandados segundo uma estratégia definida eletronicamente pelo módulo da injeção eletrônica. Isso permite um controle muito mais preciso de seu funcionamento, sem desperdícios de energia comuns nos motores convencionais. Atrelada a essa motorização, o veículo dispõe de uma caixa automática sequencial de seis velocidades, que trabalhando sempre com o melhor regime de rotação do motor, permitindo uma troca de marchas rápida e suave.

Foto: Divulgação

Tags: