Varela e Gugelmin os mais rápidos na categoria T1

11 de março de 2012

Sem chances de disputar a vitória no 6º Rally de Barretos, encerrado hoje, nesta cidade, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin encararam a segunda etapa da competição como uma oportunidade de aprimorar o entrosamento entre piloto e navegador e avaliar o novo equipamento de comunicação desenvolvido pela empresa Totem. Nem por isso Varela e Gugelmin enfrentaram o desafio de estrear como dupla com menos empenho: o piloto e o navegador do Divino Fogão Rally Team registraram o melhor tempo entre os carros da categoria T1 e o terceiro na classificação geral. O paulista e o catarinense venceram a primeira especial da abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, disputada ontem, mas foram desclassificados na vistoria técnica após a competição. Amanhã eles embarcam para a Itália para disputar a prova de abertura do Campeonato Mundial de Cross Country, principal objetivo da equipe para a temporada 2012.

Ao contrário do que muitos esperavam, a chuva que caiu em Barretos durante a madrugada não ajudou a diminuir a poeira que marcou a etapa de ontem. Isso contribuiu para dificultar as ultrapassagens durante a prova especial de hoje, fato que reduziu as chances de um resultado ainda melhor de Varela e Gugelmin, como explica o piloto: “Por causa do incidente de ontem nós fomos obrigados a largar em último entre os carros da categoria Protótipos e acabamos perdendo algum tempo nas ultrapassagens por causa da poeira. Acredito que por ser a estreia de um novo equipamento de comunicação alguns concorrentes ainda não se acostumaram com seu funcionamento.”

Varela e seu navegador Gustavo Gugelmin aprovaram o novo sistema desenvolvido pela Totem, uma empresa brasileira. “Podemos dizer, com segurança, que ele é tão bom quanto os importados”, afirmou o catarinense, cuja ocupação fora do rally é exatamente a importação de equipamentos para atividades de rally e fora de estrada.

Na etapa de hoje a dupla mais veloz foi a formada por Riamburgo Ximenez e Flávio Marinho, que completou o percurso em 1h50m14, apenas três segundos a menos que o tempo marcado por André Sawaya e Cláudio Mifano. Varela e Gugelmin completaram o trajeto em 1h51m3, terceiro melhor tempo do dia.

Tags: