Button abre temporada com vitória na Austrália

18 de março de 2012

Por Robério Lessa – Foi do britânico Jenson Button a primeira vitória do Campeonato Mundial de Fórmula Um de 2012, na corrida disputada na madrugada deste domingo (18), em Melbourne, na Austrália.

Logo na largada, Jenson foi preciso, e superou seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, para assumir a ponta e construir uma vitória tranquila, resultado de uma corrida sem erros.

Se em 2011 Button mostrou que podia ser candidato a frear a série de vitórias da Red Bull, em 2012 se credencia como um dos candidatos ao título graças ao seu talento e ao desempenho da McLaren, que demonstra ter acertado no projeto para esta temporada, sem ter de aderir às frentes com bico de degrau para se enquadrar no regulamento proposto pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), que obriga os carros a terem de respeitar altura de 55 centímetros do bico.

“É  bom terminar esta corrida com uma vitória. A equipe está fazendo um trabalho muito bom, e essa vitória vem para coroar todas as horas extras de preparação. Tivemos uma relargada complicada após a entrada do safety car, mas soube administrar a corrida no final e me manter focado até a bandeirada,” disse jenson Button.

Hamilton ainda foi superado por Vettel, que há muito não largava de posições intermediárias, tendo de construir seu lugar no pódio ao longo das 58 voltas. Assim, com Button em primeiro; Vettel, em segundo; e Lewis Hamilton, em terceiro, o GP da Austrália inaugura uma temporada que se mostra mais equilibrada e com promessa de corridas mais disputadas. O acidente com Jean Eric Vergne, que motivou a entrada do safety car, ajudou mais ainda na luta por posições.

Mark Webber foi o quarto, com o segundo carro da Red Bull. Fernando Alonso conseguiu uma corrida bem melhor que a classificação e levou sua Ferrari ao quinto lugar. Kamui Kobayashi foi o sexto; Kimi Raikkonen, o sétimo; Sergio Perez, oitavo; Daniel Ricciardo, nono; e Paul Di Resta o décimo melhor colocado na classificação geral.

Bruno Senna e Felipe Massa abandonaram a prova após se envolverem em um acidente quando os dois disputavam a décima-terceira colocação.

Confira a classificação final da corrida e a pontuação dos campeonatos de pilotos e construtores:

Classificação final:
1. Button McLaren-Mercedes 1h34:09.565
2. Vettel Red Bull-Renault a 2.100s
3. Hamilton McLaren-Mercedes a 4.000s
4. Webber Red Bull-Renault a 4.500s
5. Alonso Ferrari a 21.500s
6. Kobayashi Sauber-Ferrari a 36.700s
7. Raikkonen Lotus-Renault a 38.000s
8. Perez Sauber-Ferrari a 39.400s
9. Ricciardo Toro Rosso-Ferrari a 39.500s
10. Di Resta Force India-Mercedes a 39.700s
11. Vergne Toro Rosso-Ferrari a 39.800s
12. Rosberg Mercedes a 57.600s
13. Maldonado Williams-Renault a 1 volta
14. Glock Marussia-Cosworth a 1 volta
15. Pic Marussia-Cosworth a 2 voltas
16. Senna Williams-Renault a 4 voltas
Volta mais rápida : Button, 1:29.187

Abandonos:
Massa Ferrari 47ª volta
Kovalainen Caterham-Renault 42ª volta
Petrov Caterham-Renault 37ª volta
Schumacher Mercedes 11ª volta
Grosjean Lotus-Renault 2ª volta
Hulkenberg Force India-Mercedes 1ª volta
Karthikeyan HRT-Cosworth 1ª volta
De la Rosa HRT-Cosworth 1ª volta

Campeonato de Pilotos:
1. Button 25 Pontos
2. Vettel 18 Pontos
3. Hamilton 15 Pontos
4. Webber 12 Pontos
5. Alonso 10 Pontos
6. Kobayashi 8 Pontos
7. Raikkonen 6 Pontos
8. Perez 4 Pontos
9. Ricciardo 2 Pontos
10. Di Resta 1 Ponto.

Campeonato de Construtores:
1. McLaren-Mercedes 40 Pontos
2. Red Bull-Renault 30 Pontos
3. Sauber-Ferrari 12 Pontos
4. Ferrari 10 Pontos
5. Lotus-Renault 6 Pontos
6. Toro Rosso-Ferrari 2 Pontos
7. Force India-Mercedes 1 Ponto.

Fotos: McLaren – F1/Divulgação.

Tags: