Pilotos da Lotus demonstram ansiedade para corrida da Malásia

20 de março de 2012

Kimi Raikkonen volta à Malásia, local de sua primeira vitória na Fórmula Um em 2003, quando ainda corria pela McLaren. O campeão mundial de 2007 aguarda ansiosamente o retorno à pista de Sepang.

“Tenho boas e más lembranças da Malásia. Já venci duas vezes lá e minha primeira vitória na Fórmula Um foi na Malásia, por isso é muito bom voltar onde tudo começou. O clima é quente e úmido e isto é um desafio e tanto para todos os pilotos. Em comparação com a Austrália, você também precisa de um bom carro para ir bem. Esperamos ter um carro melhor na Malásia e que não ocorram erros. Só saberemos como o carro está quando formos para a pista, mas ele me parece bom. Espero que assim seja na Malásia”, afirma Kimi.

Sobre sua adaptação às novas regras após dois anos longe da Fórmula Um, Kimi fala sobre o DRS. “Pra ser sincero, não senti muita diferença. Apensas algumas mudanças nas regras, mas a corrida em si é muito semelhante. É mais fácil utilizá-lo durante a corrida do que nos treinos, pois você sabe onde pode ativar o DRS, enquanto nas tomadas de tempo, se você for muito agressivo, pode facilmente ocorrer um erro. Não usei o DRS na Malásia antes, então não tenho certeza o quanto vou poder usá-lo, mas nosso carro é bom em retas e acho que isso nos ajudará na corrida”, encerra o finlandês. Kimi fez prova de recuperação na Austrália, onde largou em 18º e terminou a prova em 7º.

Já Romain Grosjean não esconde a empolgação por correr na Malásia. “Sepang é provavelmente minha pista favorita. Corri lá em 2008 pela GP2 Asia Series e realmente adorei o circuito. A pista é boa e larga, com curvas rápidas e muita ondulação o que a torna uma pista gostosa de guiar. A última curva pode ser traiçoeira, mas gosto de tudo nesse circuito. Só não gosto do calor e da umidade, mas até isso acaba se tornando mais um desafio para os pilotos. Estou realmente ansioso. Espero conseguir resultados positivos nesta temporada, começando da Malásia”, afirma Grosjean que, mesmo largando em 3º na Austrália não conseguiu completar a prova por conta de uma batida.

Foto: Lotus F1 Team/Divulgação

Tags: