Os 52 anos de Ayrton Senna da Silva

21 de março de 2012

Acompanhe  no Carros e Corridas  a nova coluna do jornalista Eduardo Abbas.

Os 52 anos de Ayrton Senna da Silva

21 de março é um dia para ser lembrado sempre, é a data que marca o aniversário de um dos maiores pilotos que o mundo já conheceu e viu correr pelas pistas do planeta.

Se estivesse vivo, tenho certeza que a comemoração dos 52 anos do Ayrton seria mais festejada por vários motivos, afinal, o país que ele sempre tinha a honra de dizer que representava esta vivendo uma nova era. Somos hoje destaque no mundo pela economia, pelas obras, sociais ou de expansão e, talvez ele tivesse conseguido mudar alguns pontos do automobilismo de competição no Brasil, impondo uma situação mais forte do que a que temos atualmente.

O que seria Ayrton Senna nos dias de hoje? Com a carreira encerrada a cerca de uns 12 anos e usando sua influência, provavelmente muitas coisas que acontecem hoje teriam tomado outros rumos. A hipótese mais provável é que o já aposentado piloto já estivesse trabalhando há algum tempo como comentarista de corridas, pois a voz que nunca se calava diante da vontade de mudar, não ia querer ser apenas coadjuvante na hora de elogiar ou criticar, e a vida dos pilotos brasileiros na Fórmula 1 talvez fosse menos difícil. Como era um político nato, talvez até fizesse parte da CBA, FIA, FIM, enfim em tudo que tivesse um motor empurrando!

Mas é só uma hipótese, saiu da vida para se tornar mito e entrar na história. Ele nos deixou no auge e, podem crer, faz muita falta.

Vamos voltar à realidade de hoje. No último fim de semana aconteceu a abertura da Fórmula 1 na Austrália. Pelo jeito a McLaren acertou o caminho e deve ser o grande destaque do ano. Pior pro Hamilton que tem ao seu lado um grande piloto e que sabe como nenhum outro tirar o que o carro tem de melhor. Button, pelo menos pra mim, sai como grande favorito de 2012, mas tem muita água pra passar pela ponte e uma previsão mais forte seria muito prematura hoje.

Os brasileiros fazem o que podem. O Bruno ainda vai se acostumar com o carro da Williams e deve conseguir bons resultados. Já Massa vive o céu e o inferno de ser piloto Ferrari. O carro com erro de projeto e ter como companheiro de equipe Fernando Alonso, em nada ajuda a mudar de fase. O espanhol é muito acima da média e o carro muito abaixo da crítica, uma mistura infalível pra começarem a querer tirar o Felipe da equipe. A revista Autosprint, porta voz escrita de Maranello, na edição eletrônica dessa semana começou a campanha e fica complicado trabalhar com calma nessa hora. A Malásia vem aí e eu acredito que os carros vermelhos vão começar a andar um pouco melhor, quem sabe apagam um pouco o incêndio na cozinha italiana.

Vem aí também a temporada 2012 da Stock Car. A abertura em Interlagos nesse fim de semana marca algumas mudanças. As principais são o fim dos pits stops obrigatórios e do play off, agora são os famosos pontos corridos. As mudanças são boas, devem trazer mais emoção, mas, largar as 09h30min da manhã do domingo, ninguém merece…

Outra categoria que esta chegando pra abrir a temporada é a Fórmula Indy. Agora com o plus de Rubens Barrichello, os organizadores e promotores brasileiros esperam que a categoria entre de vez no gosto do público tupiniquim. O Rubens vai ser um grande diferencial pelo que representa no automobilismo, e, se for campeão ou pelo menos brigar fortemente pelo título desse ano os olhos podem deixar um pouco de lado a Europa e virarem para os Estados Unidos.

E é de lá que vem a melhor notícia para nós brasileiros. Nelsinho Piquet conseguiu sua primeira vitória na Nascar! Depois da confusão na Fórmula 1, nada melhor que ser destaque em uma grande categoria. Ele merece toda a sorte do mundo, pois competência e capacidade sabemos que ele tem.

Essa semana vou ficar por aqui, mas não sem antes lembrar o que disse lá no começo dessa coluna, e isso é traduzido nessa gravura do artista plástico Oleg Konin que roda as redes sociais pelo mundo a fora. Tudo seria muito diferente se ele tivesse batido no cinto e saído do carro.
Parabéns Ayrton!

Beijos & queijos

Eduardo Abbas, um dos mais respeitados profissionais de imprensa, especializado em automobilismo e industria automobilística.  Dentre suas realizações destacam-se a criação e direção do programa Linha de Chegada,  a direção do programa Grid Motor, a  produção da Stock Car e toda parte de motorsport do canal  Sportv. Abbas foi também produtor da Fórmula Um na Rede Globo desde 1990 e é atual membro da ABIAUTO (associação brasileira da imprensa automotiva). Também atua como consultor na área de comunicação e automobilismo.

Escreva para o colunista: coluna.site@gmail.com
Acompanhe Eduardo Abbas no Twitter: http://www.twitter.com/borrachatv

*A coluna publicada neste site expressa a opinião de seu autor.


Tags: