Equipe Man tem dia de experimentação

30 de março de 2012

Líder do campeonato de marcas da Fórmula Truck e atual campeã brasileira e sul-americana, a equipe oficial da Man Latin America iniciou hoje, no Rio de Janeiro, a busca pela vitória do GP de Jacarepaguá, onde será disputada a segunda etapa do campeonato neste domingo.

Campeão brasileiro da Truck em 2007, 2009 e 2011 e também campeão sul-americano em 2011, Felipe Giaffone considerou este primeiro dia de treinos bastante produtivo, ao terminar como o quinto mais rápido do último treino livre desta sexta-feira, ao marcar 1m32s518.

“Aproveitamos as duas sessões de treinos livres para testar novos componentes a fim de melhorar nossa performance nesta temporada”, diz Giaffone. “Embora tenha terminado a corrida de abertura em segundo lugar, no Velopark, a gente sabe que a mudança no regulamento, impondo limites na bomba injetora apenas para os caminhões Volkswagen, está nós prejudicando bastante. Por isso, temos que correr em busca de inovações para nos mantermos na frente”, completa o piloto.

Também pilotando um caminhão Volkswagen Constellation, Adalberto Jardim (foto) foi o sexto melhor no primeiro treino livre, disputado na manhã desta sexta-feira, em Jacarepaguá. “Hoje foi dia de ajustes, então a colocação final no dia não é tão importante”, diz Jardim, que marcou 1m32s953.

Renato Martins foi o décimo colocado na segunda sessão de treino livre, com 1m33s382. “Fizemos testes pensando na corrida. Amanhã o desafio será grande para extrair o máximo de desempenho para conseguir uma volta rápida na classificação, algo bem difícil aqui no Rio, onde a condição de aderência da pista muda bastante em questão de minutos até”, diz Renato.

André Marques ficou na 12a colocação pela manhã, registrando 1m33s456, e na 13a à tarde. “Gosto bastante de Jacarepaguá e acredito que podemos brigar por mais um pódio aqui”, diz o piloto, que estreou na equipe oficial da Man Latin America com um 3o lugar na etapa passada, disputada no Velopark.

A única mulher a competir na Truck, Débora Rodrigues, foi a 18a colocada nesta sexta-feira. “O desafio é o calor aqui no Rio. Mesmo não estando tão forte, a corrida será um teste de resistência para pilotos e caminhões”, diz Débora.

Amanhã, os caminhões da Fórmula Truck entram na pista para a disputa de mais treinos e da sessão classificatória que define o grid de largada da corrida de domingo, que será às 13h, com transmissão ao vivo pela Band.

Foto: Orlei Silva/Divulgação.

Tags: