Nico Rosberg é pole na China

14 de abril de 2012

Por Robério Lessa  – O piloto Nico Rosberg conquistou a pole position para o Grande Prêmio da China de Fórmula Um, realizado na manhã deste sábado (14), em Xangai.

Ao lado de Rosberg na primeira fila, seu companheiro de equipe, o também alemão Michael Schumacher larga em segundo, e mostra que a Mercedes conseguiu superar os problemas iniciais das duas primeiras etapas e se credencia como favorita à conquista da vitória em Xangai

Outro piloto feliz com o resultado da classificação foi o japonês Kamui Kobayashi, da Sauber, que vai largar em terceiro. O nipônico tem sofrido pressão por conta dos bons resultados de seu companheiro de equipe, o mexicano Sérgio Perez, que foi segundo colocado no GP da Malásia, e vai largar em oitavo.

O inglês Lewis Hamilton, da McLaren, esteve entre os mais rápidos de todas as sessões de treinos livres, porém, recebe uma punição por ter trocado o câmbio de seu carro e, mesmo com o segundo tempo registrado, vai partir  da sétima posição.

Em quarto larga o finlandês Kimi Raikkonen, da Lotus, seguido por Jenson Button (o quinto), e pelo australiano Mark Webber (o sexto). Pela terceira vez Webber larga à frente de seu companheiro de escuderia, o alemão Sebastian Vettel, que só conseguiu levar seu carro para o décimo-primeiro posto,  sua pior posição de largada desde o Grande Prêmio do Brasil de 2009.

O espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, conseguiu levar a Ferrari para alinhar entre os 10 primeiros e abre a quinta fila, na nona colocação, seguido pela Lotus do francês Romain Grosjean.

Os brasileiros Felipe Massa e Bruno Senna largam da décima-segunda e décima-quarta posições, respectivamente.

Para Felipe Massa, da Ferrari, o treino classificatório mostrou que a equipe evoluiu o carro em relação a corrida passada e, por isso, espera que possa crescer ao longo das disputas no domingo.

“Tirei quase tudo do carro. A gente vinha sofrendo muitos problemas, mas, felizmente, o carro melhorou muito de um momento para o outro. Talvez, se tivesse conseguido ser três décimos mais rápido teria sido melhor, mas foi uma boa classificação. Estamos trabalhando para melhorar e vamos agora pensar em fazer um bom trabalho amanhã”, disse o piloto ao ser entrevistado após a tomada de tempo.

Bruno Senna, que faz sua estreia na pista chinesa, também acredita que pode obter um bom resultado na corrida.  “Essa foi a melhor classificação do ano. Aqui na China sabíamos que seria mais difícil, apesar de o carro estar bom neste sábado. Vejo que tenho um bom acerto para a corrida”, avaliou Bruno.

A largada para o GP da China da F-1 acontece às 4h da manhã deste domingo (15).

Acompanhe o grid  de largada do GP da China:

1) Nico Rosberg (ALE/Mercedes GP), 1:35.121
2) Michael Schumacher (ALE/Mercedes GP), 1:35.691
3) Kamui Kobayashi (JAP/Sauber), 1:35.784
4) Kimi Raikkonen (FIN/Lotus), 1:35.898
5) Jenson Button (ING/McLaren), 1:36.191
6) Mark Webber (AUS/Red Bull), 1:36.290
7) Lewis Hamilton (ING/McLaren), 1:35.626 (Punido pela troca do câmbio)
8) Sergio Perez (MEX/Sauber), 1:36.524
9) Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1:36.622
10) Romain Grosjean (FRA/Lotus), s/tempo no Q3
11) Sebastian Vettel (ALE/Red Bull),  1:36.031 (Tempo do Q2)
12) Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1:36.255 (Tempo do Q2)
13) Pastor Maldonado (VEN/Williams), 1:36.283 (Tempo do Q2)
14) Bruno Senna (BRA/Williams),  1:36.289 (Tempo do Q2)
15) Paul di Resta (ESC/Force India),  1:36.317 (Tempo do Q2)
16) Nico Hulkenberg (ALE/Force India), 1:36.745 (Tempo do Q2)
17) Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso),  1:36.956 (Tempo do Q2)
18) Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso),  1:37.714 (Tempo do Q1)
19) Heikki Kovalainen (FIN/Caterham),  1:38.463 (Tempo do Q1)
20) Vitaly Petrov (RUS/Caterham),  1:38.677 (Tempo do Q1)
21) Timo Glock (ALE/Marussia),  1:39.282 (Tempo do Q1)
22) Charles Pic (FRA/Marussia), 1:39.717 (Tempo do Q1)
23) Pedro de la Rosa (ESP/HRT),  1:40.411 (Tempo do Q1)
24) Narain Karthikeyan (IND/HRT),  1:41.000 (Tempo do Q1).

Foto: Mercedes-F1/Divulgação.

Tags: