Tony Kanaan destaca apoio da torcida brasileira

29 de abril de 2012

Tony Kanaan e a KV Racing Technology tinham uma ideia diferente de como ocorreria a etapa brasileira da Fórmula Indy (Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé), disputada na tarde deste domingo (29) no Circuito Anhembi, Zona Norte da capital paulista. O campeão de 2004 da Fórmula Indy chegou a ocupar o quarto lugar na corrida, mas a quantidade de bandeiras amarelas e uma batida múltipla a oito voltas do final acabaram com suas chances de terminar entre os cinco primeiros na prova vencida mais uma vez por Will Power, da Penske.

“Entrei nos boxes em quarto lugar e depois que saí eu perguntei para a equipe pelo rádio em que posição eu estava, e a resposta foi 17º. Então a estratégia foi errada. Acontece. Como equipe nós ganhamos e perdemos juntos. O que temos de fazer é trabalhar e ver como fazer para melhorar daqui para frente”, analisou.

Foram cinco os períodos de bandeiras amarelas na etapa brasileira da Indy. E na metade das relargadas, Tony ganhou mais de uma posição. Naquela que seria a última relargada, a oito voltas do final, um acidente na segunda perna do S do Samba envolveu oito carros, entre eles, Kanaan. “Tem certas vezes que você paga pela cautela. Eu dei uma diminuída, tomei um toque e fiquei lá parado. O engraçado foi que eu estava em 15º quando bati, e quando saí estava em 13º, mas uma volta atrás”, lembrou.

Quando os fiscais de pista faziam o trabalho de remoção dos carros para que eles voltassem à prova, Tony pôde sentir de perto o carinho da torcida nas arquibancadas. “O melhor momento da corrida foi quando fiquei parado ali e a arquibancada toda ficava gritando ‘tira, tira, tira’ para os fiscais. E aí até os fiscais americanos foram ajudar os brasileiros a me tirar de lá”, recordou. “Quando a gente passava na reta, a galera ia à loucura, e por um momento eu até me desconcentrei para olhar para as arquibancadas”, disse.

Agora, o foco se volta à preparação para as 500 Milhas de Indianápolis, que acontece daqui a exatamente um mês. “É a corrida mais importante da temporada e vamos lutar por um bom resultado nesta corrida que já estive muito perto de vencer algumas vezes”, concluiu.

Foto: Miguel Costa Jr.-MP Team/Divulgação.

Tags: