Estreante, Galid Osman conquista melhor resultado na Stock em dia de destaque da BMC Racing

6 de maio de 2012

A equipe BMC Racing deixa a terceira etapa da temporada 2012 da Stock Car, disputada neste domingo no Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita (RS), satisfeita com a evolução demonstrada na prova de hoje.

O estreante Galid Osman somou importantes pontos ao conquistar o oitavo lugar, sua melhor chegada na categoria, enquanto Tuka Rocha fez uma largada fantástica e ocupou a quarta posição no início da prova até sofrer problemas com a transmissão que o forçaram a abandonar a prova.

O começo da terceira etapa na pista gaúcha foi agitado. Logo na primeira curva, um acidente tirou oito carros da disputa. Galid Osman, que partiu da quarta fila, conseguiu escapar perdendo apenas uma posição.

Para o piloto da BMC Racing, o acidente resultou na perda de algumas posições que foram recuperadas com o decorrer da bandeira verde. A meta traçada de uma corrida constante para chegar em uma boa pontuação foi alcançada.

“Estou muito feliz com o resultado, que me coloca entre os 15 primeiros no campeonato, junto de nomes com bastante experiência na categoria. Nossa equipe pontuou nas três etapas e isso é fundamental”, diz Galid, citando Thiago Camilo e Allam Khodair, que estão logo à frente na tabela, com 20 pontos, um a mais que os 19 de Galid.

“Também queria conquistar pontos para não chegar em Ribeirão Preto (onde acontece a próxima etapa) muito atrás em função dos treinos de classificação”, afirmou o novato, que enfrentou o desgaste dos pneus nas voltas finais. “Isso tornou a pilotagem mais difícil, mas tive um carro bom e constante durante o final de semana”, elogiou Galid.

Já Tuka Rocha, que largou da sexta fila, escalou oito posições no pelotão, ficando em quarto durante a entrada do Safety Car. Na terceira volta após a relargada, o problema de transmissão encerrou o dia de Tuka. “Fiz uma largada muito boa e dei sorte de passar pelo acidente. Foi excelente. Na curva dois ainda consegui ultrapassar alguns pilotos. Tinha carro para chegar entre os cinco no final com certeza”, avaliou o competidor.

O chefe de equipe da BMC Racing, Maurício Ferreira, destacou a boa performance dos carros nos treinos e a evolução da equipe em relação às etapas anteriores.

“A Stock Car é um campeonato muito competitivo. Analisando o final de semana inteiro, poderíamos terminar entre os dez primeiros com os dois carros. A largada atípica proporcionaria uma chance ao Tuka terminar entre os seis primeiros e somado mais pontos como equipe”, declarou o chefe da equipe BMC Racing.

As boas posições de largada obtidas pelos pilotos animam Ferreira para a corrida em Ribeirão Preto. “Depois haverá uma parada de 40 dias onde poderemos refletir sobre o que fizemos no primeiro terço de temporada e seguir para o restante da disputa para alcançar os nossos objetivos”, ponderou.

A expectativa dos competidores para o circuito de rua no interior paulista é conquistar muitos pontos. “A meta para a próxima etapa é somar o maior número possível de pontos. Nossa equipe e o carro estão competitivos e subindo de rendimento a cada prova”, acrescentou Tuka.

Tags: