João Pedro Custódio desiste de disputar o Super Kart Brasil 7

11 de maio de 2012

Depois da conquista do quarto título de Campeão do Super Centro-Oeste, o goiano João Pedro Custódio (Pivot Máquinas Agrícolas e Sistemas de Irrigação/Ford – Navesa/AGEL – Governo de Goiás/Kart Mini/Sport Wear by ULV/Mittag Competições) não participa da disputa do título do Super Kart Brasil 7, no próximo final de semana, no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP).

A decisão, tomada em conjunto com sua família, se deu em grande parte pela incompatibilidade de compromissos esportivos com os escolares de João Pedro. Paralelamente acontece uma etapa do Paulista em Registro (SP) no mesmo dia do “open” do Campeonato Brasileiro no Beto Carrero.

“Daremos prioridade ao open e já estava decidido que não correríamos em Registro, e isto ajudou a decidirmos por não correr o Paulista e o SKB neste final de semana”, diz Geovane Gonçalves, pai de João Pedro. Outro fator levado em consideração é o traçado desta edição do Super Kart Brasil. Pela primeira vez no Kartódromo Aldeia da Serra os pilotos competem no traçado invertido.

“Como os treinos começaram no início da semana sabemos que quem é de São Paulo leva vantagem, pois treina muito mais. Estamos em Goiânia, longe de São Paulo, e para o João Pedro fica difícil perder tantas aulas. Para evitar isto chegaríamos na pista apenas na quinta, quando a maioria dos fortes concorrentes já estariam com um ou dias de vantagem em sua preparação”, alega Geovane.

Para Geovane Gonçalves, situações assim deveriam ser evitadas pelos próprios organizadores, que assim perdem pilotos em seus eventos. “Se a pista é nova para todos, que permaneça assim. Ela deveria ser aberta para treinos por apenas dois dias, do contrário favorece aos pilotos locais”, salienta. “A partir de agora só participaremos de competições em que possamos ter condições de preparação semelhantes a de todos os competidores”, resume.

Foto:  Luca Bassani

Tags: