Volkswagen comemora marca de 20 milhões de veículos produzidos no Brasil

11 de maio de 2012

A Volkswagen do Brasil atingiu na manhã desta quinta (10) a marca histórica de 20 milhões de veículos produzidos, ao longo de quase seis décadas de atividades (desde 1953). O recorde está representado pelo modelo Saveiro Cross, de cor vermelha, fabricado na unidade Anchieta, em São Bernardo do Campo. A comemoração contou com a presença do membro do board do Grupo Volkswagen, responsável por Vendas e Marketing, Christian Klingler, além do presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall.

“Nessas quase seis décadas de atividades no Brasil e 20 milhões de veículos, nos orgulhamos de atingir uma marca inédita no mercado, reforçando nosso compromisso com o País e com os nossos clientes. A parceria de sucesso entre o Brasil e a Volkswagen nos tornou inovadores no desenvolvimento e produção de veículos que atendam às expectativas de consumidores, cada vez mais exigentes”, destaca o presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall.

A história da Volkswagen no Brasil começou em 23 de março de 1953, em um armazém na Rua do Manifesto, no bairro do Ipiranga, em São Paulo. De lá, saíram os primeiros Fuscas, montados com peças importadas da Alemanha e apenas 12 empregados. De 1953 a 1957, foram montados nesse galpão 2.820 veículos (2.268 Volkswagen Sedan 1.200cc e 552 Kombi).

Porém a produção com peças nacionais foi iniciada em 2 de setembro de 1957, quando saiu da linha de montagem da fábrica de São Bernardo do Campo (SP) o primeiro modelo da marca fabricado inteiramente em território nacional: a Kombi, com 50% de suas peças e componentes produzidos no País.

O primeiro Fusca (Sedan) montado no Brasil foi lançado em 3 de janeiro de 1959. Nesse mesmo ano, foram vendidas 8.406 unidades do modelo que, rapidamente, se tornaria um estrondoso sucesso de mercado, em uma época dominada pelos automóveis importados de grande porte. Até 1986, o Brasil produziu 3,1 milhões de unidades do lendário Fusca.

A inauguração oficial da fábrica aconteceria somente em 18 de novembro de 1959, quando circulou – a bordo de um Fusca conversível – o então Presidente da República, Juscelino Kubistcheck. Ele estava acompanhado pelo Governador de São Paulo, Carvalho Pinto, e os presidentes da Volkswagen da Alemanha, Heinrich Nordhoff, e do Brasil, Friedrich Schultz-Wenk. A imagem dos quatro dentro do Fusca conversível se tornou uma das fotos mais marcantes na história da montadora.

A marca atingiu o primeiro milhão de veículos produzidos em julho de 1970 e em março de 1972, o Fusca alcançava o número histórico de um milhão de unidades vendidas no País.

Tags: