Julio Romi pronto para o Campeonato Sul-Americano

15 de maio de 2012

De Florianópolis (SC), direto para a disputa do maior rally de velocidade do Brasil. O piloto catarinense Julio Romi já está arrumando as malas para viajar, não muito longe, até Erechim, norte do RS, para a disputa do Rally Internacional de Erechim, entre os dias 16 e 20 próximos. A prova receberá a segunda etapa do Campeonato Sul-americano, mas em paralelo também a segunda do Gaúcho e a abertura do Brasileiro de rally de velocidade.

No grid, mais de 70 carros devem alinhar para a largada. Destes, quase 20 somente na categoria Classe 3 (carros de tração 4×4 e motor de 2,0 litros), a mesma que Julio Romi tentará voltar a pontuar pelo Sul-americano, em prol da equipe ProRomi Racing (Bio Nuclear – Serviço de Medicina Nuclear/Automecânica Francesa/Abadia Competições/Carrocerias Tonial). Na primeira etapa, disputada no Paraguai, no mês passado, Julio e o navegador Eduardo Tonial marcaram os primeiros pontos da temporada, na categoria mais disputada até agora.

“Nossa expectativa é seguir pegando mão do carro, conhecê-lo cada vez mais e poder seguir conquistando pontos na categoria. O importante é tentar ser rápido, mas evitar quebras no rally”, destaca o piloto Julio Romi.

A categoria Classe Três, assim como no Paraguai, repete o maior grid neste início de temporada do Campeonato Sul-americano. Julio acredita que haverá uma disputa muito forte em Erechim pelas primeiras posições. “Independente da nacionalidade, todas duplas inscritas são muito boas, por isso esperamos uma corrida muito difícil”, enfatiza o piloto.

Conhecer o piso de Erechim, pode ser uma vantagem para buscar um resultado positivo no rally mais longo do ano no Brasil, onde haverá três dias de corrida. Mas Julio enfatiza que também é preciso muito trabalho e concentração. Segundo ele, o Mitsubishi Lancer da equipe teve muitas avarias na prova do Paraguai, disputada sobre intensa lama. “O pessoal da Abadia Competições teve muito trabalho para acertar o carro. Trabalhamos e melhoramos a suspensão neste intervalo entre a prova de lá e esta no Brasil”, acrescenta Julio.

Foto: Divulgação

Tags: