Fernando Amorim acerta com a Rsports

16 de maio de 2012

O piloto de Campinas Fernando Amorim começou em 2002 no Kart como brincadeira e a partir daí foi evoluindo nas pistas e não parou mais. Em 2003 foi campeão de Kart em Piracicaba, e em seguida foi Campeão Paulista, depois trocou de categoria. Disputou de monoposto na Fórmula Ford nos anos de 2007 e 2008 quando tornou-se vice campeão paulista. Amorim também já disputou a Fórmula Renault onde ganhou a única corrida do ano, pois a categoria não evoluiu.

No ano passado o piloto teve alguns problemas em relação ao aquecimento do motor da Mercedes que ele corria o que resultou em, tira-lo de boas disputas entre os primeiros colocados, “Este problema parece estar resolvido pelos testes efetuados na última prova. Além disso, toda a experiência da minha nova equipe a RSports vai levar-nos a melhores resultados. Assim sendo, a minha expectativa e de estar no pódio em diversas etapas e brigar por uma ótima colocação no campeonato”, relatou.

Fernando complementou dizendo como surgiu este convite para fazer parte da equipe “Tenho muita amizade com o pessoal da RSports, o Leandro Romera, o Carlão, o baixinho (Luís Abade), estão sempre por perto durante as corridas. Nosso relacionamento que sempre foi muito bom ficou mais próximo ainda na temporada passada. Isto facilitou nossas conversas e, finalmente, fechamos para a temporada 2012. Será um ótimo ano”, afirmou.

O manager da equipe Leandro Romera, falou um pouco sobre esta parceria e a vinda de um novo piloto para a RSports, “O Amorim é um grande amigo e piloto que respeito bastante, vejo ele desde a época que andava na Fórmula Ford e sempre disputando a liderança das corridas, assim a vinda dele para o time é um prazer e ao mesmo tempo uma grande responsabilidade, pois sei da capacidade dele e tenho certeza que a intenção dele é de competir por vitórias e isso também nos deixa bastante motivados, pois temos no time pilotos rápidos”.

Outra novidade para a vinda do Amorim para a equipe é que ele correrá com o carro de numeral 88, um número marcante para o Romera, “Esse número é realmente muito especial pra mim, o tenho como minha identidade no automobilismo. Bem, em 2004 eu andava em provas de arrancada e usava o número 88 que carrego até hoje, e sempre que vou competir procuro usa-lo, e agora ter um carro que tem esse número é muito empolgante”, falou Leandro.

Sobre as expectativas de ter mais um piloto para o time, Romera ressaltou estar confiante “Tenho plena confiança na capacidade da equipe e na forma que trabalhamos, é claro que temos que ter ainda mais atenção aos detalhes, pois precisamos minimizar ainda mais os riscos de problemas mecânicos e assim permitir que os pilotos possam aproveitar todos os treinos e desenvolver o setup individual de cada piloto”, comentou.

Foto: Divulgação

Tags: