Rossi brilha em dia de vitória de Jorge Lorenzo

20 de maio de 2012

A etapa da França da Moto GP foi a melhor do ano para muitos que acompanham os pegas das motos mais ariscas do esporte motor.

A soma da habilidade dos pilotos com o desejo de chegar na melhor colocação, misturados com a chuva, deu a corrida francesa uma disputa para não ser esquecida tão cedo, sobretudo para dois piltos: Jorge Lorenzo e Valentino Rossi.

Na chuva,  Jorge Lorenzo foi soberbo em  Le Mans, mas o grande momento foi a luta pela segunda posição, onde Valentino Rossi mostrou que ainda tem muito a dar,  lembrando os bons tempos, quando conseguiu superar  Casey Stoner na última volta.

Aos 33 anos, o piloto italiano havia comentado que, se acaso chovesse a Ducati poderia ter uma boa corrida em Le Mans, palco do seu único pódio pela Ducati em 2011. O acaso bateu à porta de Valentino e da  marca italiana quando a corrida na famosa pista de Le Mans teve de ser  disputada como  piso molhado.

Nas últimas cinco voltas Rossi apertou o ritmo e partiu à caça de Stoner. A determinação de Valentino fez com que todos lembrassem o motivo dos seus nove títulos mundiais. Assim, após duas tentativas, o italiano conseguiu superar o australiano no início da última volta. “Estou contente, este resultado é muito  importante para nós. Sabia que teríamos mais chances nestas condições. Esperava esta chance e não pude deixá-la escapar”, disse Valentino que enfrentou problemas com a vedação do capacete, que teve a viseira embaçada nas voltas iniciais.

Com a vitória, Jorge Lorenzo recupera aliderança do campeonato, resultado de uma corrida consistente na qual cruzou a linha de chegada com oito segundos de vantagem para o segundo colocado (Rossi). Casey Stoner ficou com o terceiro lugar no pódio, um resultado amargo para o australiano que viu Lorenzo tomar-lhe a ponta da tabela na corrida pelo título.

Dani Pedrosa ficou com o quarto posto, enquanto Stefan Bradl garantiu o melhor resultado na categoria com o quinto lugar, à frente do companheiro de equipe de Rossi, Nicky Hayden. Dovizioso, que conseguiu voltar à corrida após a queda, terminou em sétimo, à frente do companheiro de equipa Crutchlow, enquanto Héctor Barberá  e Álvaro Bautista  completaram a lista dos dez primeiros.

A Próxima etapa da competição acontece dia três de Junho, na espanha, no GP da Catalunya (Barcelona).

Foto: Moto GP – Site Oficial – http://www.motogp.com

Tags: