Sam Bird larga na pole da Fórmula Renault em Mônaco

26 de maio de 2012

O inglês Sam Bird (ISR) conquistou a pole da terceira etapa da Fórmula Renault 3.5 e abrirá o grid dos 26 carros no GP de Mônaco, prova que antecederá à corrida da Fórmula 1. Bird, que já havia dominado os treinos livres da quinta-feira, entrou na pista no primeiro dos dois grupos e não escapou das armadilhas do estreito e perigoso circuito de Montecarlo. Pouco depois de estabelecer aquela que seria a volta mais rápida, acertou a barreira na curva St. Devote. “Aqui em Mônaco é assim: se você passar a 10 centímetros da parede, não vira tempo; se passar a cinco, faz a volta perfeita; se quiser passar a três, bate”, disse Guto Negrão, dono da International Draco, equipe que colocou o suíço Nico Muller na 6ª posição e seu companheiro André Negrão em 20º na largada da corrida de amanhã, que começará às 6 horas (Brasília) e será exibida ao vivo pelo Bandsports.

Os brasileiros, aliás, enfrentaram uma sessão classificatória complicada e terão uma missão mais do que desafiadora na prova, em função das limitações do traçado. O melhor deles foi o brasiliense Lucas Foresti (DAMS), que partirá em 16º. Yann Cunha, outro estreante do Distrito Federal e correndo pela escuderia espanhola Pons, sairá em 23º. “Não vou dizer que será impossível fazer um bom resultado por causa do histórico de Mônaco, sempre uma prova sujeita aos acidentes e bandeiras que mudam tudo de uma hora para outra, mas ficou muito mais difícil”, admitiu André.

As chances de André garantir uma vaga nas primeiras filas foram comprometidas na parte final da volta boa com pneus novos. Um erro na Curva da Piscina custou os preciosos décimos que o derrubaram na classificação final. “Eu tinha deixado os pneus zero para a parte final da sessão, mas infelizmente errei. Depois, não consegui mais pegar a pista limpa e perdi tempo no tráfego”, explicou. O consolo da International Draco foi a recuperação de Muller quase no apagar das luzes. Depois de permanecer quase sempre meio segundo atrás do parceiro, o suíço conseguiu completar uma volta sem problemas e subiu para a terceira fila.

Os melhores do grid e as posições dos brasileiros em Mônaco:

1 – Sam Bird (Inglaterra), ISR, 1min22s163 (grupo 1)
2 – Alexander Rossi (EUA), 1min22s863 (grupo 2)
3 – Jules Bianchi (França), Tech 1, 1min23s163 (grupo 1)
4 – Kevin Magnussen (Dinamarca), Carlin, 1min22s875 (grupo 2)
5 – Robin Frijns (Holanda), Fortec, 1min23s209 (grupo 1)
6 – Nico Müller (Suíça), International Draco, 1min23s032 (grupo 2)
7 – Kevin Korjus (Estônia), Tech 1, 1min23s507 (grupo 1)
8 – Nick Yelloly (Inglaterra), Comtecg, 1min23s702 (grupo 2)
9 – Marco Sorensen (Dinamarca), Lotus, 1min23s552 (grupo 1)
10 – Walter Grubmüller (Alemanha), P1, 1min23s846 (grupo 2)
16 – Lucas Foresti (Brasil), DAMS, 1min24s000 (grupo 2)
20 – André Negrão (Brasil), International Draco, 1min24s149 (grupo 1)
23 – Yann Cunha (Brasil), Pons, 1min27s169 (grupo 1)

Tags: