Enzo Gianfratti não dá sorte na loteria dos motores

28 de maio de 2012

Na Copa SP Light, a sorte é um componente decisivo na somatória de fatores que compõem um bom resultado. Isso porque o sorteio dos motores é quase como uma loteria, o que pode prejudicar um piloto que normalmente estaria entre os líderes. Na quarta etapa realizada no último sábado (26), em Interlagos, esse foi o caso de Enzo Gianfratti (TNT Energy Drink/72 Sports) na Cadete.

“Foi muito chato! O meu kart não tinha velocidade e também estava ruim nas saídas de curvas. Peguei um motor muito ruim, não conseguia acompanhar os pilotos da frente”, reclamou Enzo Gianfratti, que ainda foi acertado por toques nas duas corridas do fim de semana.

Daniel Gianfratti, pai de Enzo e experiente piloto de protótipos e F-Truck, também ficou descontente com o fim de semana. “O kart não acelerava! Acho que os motores não foram bem igualados. Diferença de alguns décimos por volta é normal, mas de segundos é demais”, lamentou o pai do menino apoiado por TNT Energy Drink e 72 Sports – grife de roupas da equipe DF Motorsport de F-Truck.

Deixando para trás o fim de semana azarento, Enzo já pensa na próxima corrida, a quinta etapa da Copa Noturna da Amizade, que será realizada no próximo dia 16. No dia 17, ele vai a Itu, para a quarta rodada do Campeonato Nova Schin de Kart. Uma semana mais tarde, 23 de junho, acontece a quinta rodada da Copa SP Light.

Fotos: Divulgação

Tags: