Ecclestone critica utilização do KERS na categoria

31 de maio de 2012

Apesar de ainda não estar terminada a investigação para explicar tudo o que levou à explosão nos boxes da Williams após as comemorações da vitória de Pastor Maldonado no GP da Espanha, Bernie Ecclestone já encontra o ‘culpado’: o KERS.

Sabendo-se que o chefe da FOM nunca gostou do sistema de reaproveitamento de energia cinética, Ecclestone aproveita esta chance para criticar: “Acho que o fogo teve muito a ver com essa ‘coisa’ da energia cinética. Penso que isso jamais deveria ter sido introduzido na F1. É um segredo caro, já que ninguém sabe nada sobre isso. O público não sabe e não se importa. Querem reduzir emissões? Reduzam o tamanho da motorhomes, pois seriam necessários menos caminhões para levá-los. Só a Mercedes tem 22 caminhões para o transporte dos seus motorhomes.”, diz Ecclestone em entrevista ao jornalista Christian Sylt.

Por F1 Mania

Tags: