Kanaan amenta mudança de desempenho de seu carro no treino oficial

2 de junho de 2012

A Fórmula Indy iniciou as atividades do GP de Detroit na sexta-feira (1), e o brasileiro Tony Kanaan fez o 5o melhor tempo, mesmo só usando apenas um jogo de pneus, enquanto que os quatro a sua frente usaram dois sets. Já era um indício da tradicional frase “o carro desceu do caminhão – que transporta os carros – bem rápido”, ou seja, logo de cara já encontrou um acerto bom. No entanto, no treino classificatório deste sábado (2), Kanaan não conseguiu repetir o mesmo desempenho e lamentou a 18a posição no grid de largada.

“Fizemos uma mudança no meu carro antes da classificação, o que realmente não funcionou. É lamentável, porque nós éramos rápidos em nossas sessões de treinos e esperava estar entre os seis mais rápidos. Mas não tem muito o que fazer, pois a corrida é amanhã e deve ser emocionante. Vamos ver o que acontece”, destacou o campeão de 2004, detentor de 14 vitórias na categoria, e que finalizou em 3o lugar nas 500 Milhas de Indianápolis no domingo passado.

Serão 90 voltas pelo traçado chamado de “Belle Isle”, o mesmo que Kanaan venceu em 2007. Cidade conhecida fortemente pelas fábricas de automóveis, Detroit recebeu provas de Fórmula Indy, pela antiga CART, de 1993 até 2001. E, já pela Fórmula Indy atual, entrou no calendário em 2007 e 2008, e agora retorna em 2012.

O GP de Detroit, sexta etapa da Fórmula Indy, terá a bandeira verde agitada as 16h45 (de Brasília) com transmissão ao vivo da Band e do canal BandSports para todo o Brasil. Scott Dixon, da Ganassi, larga na pole-position.

Foto: Phillip Abbott/KV/Mpteam-Divulgação.

Tags: