Lucas Foresti tem fim de semana complicado em SPA

4 de junho de 2012

Neste final de semana, o campeonato da World Series by Renault chegou à Bélgica para a realização da segunda rodada da temporada. Competindo pela equipe francesa DAMS o piloto brasileiro Lucas Foresti (Radiex, Breda, Piracicabana Cargas) teve uma rodada repleta de problemas e não conseguiu finalizar nenhuma das duas corridas da rodada.

Foresti chegou ao autódromo na manhã de sexta-feira animado em realizar um grande trabalho. Junto à sua equipe procurou desenvolver o acerto do carro para as duas tomadas de tempo e, para isso, teve até a ajuda do clima uma vez que encontrou situação de pista seca e molhada. Porém, alguns problemas mecânicos e eletrônicos não permitiram que Lucas pudesse realizar voltas rápidas e, com isso, seguiu para a tomada de tempos, na manhã de sábado, praticamente às escuras.

Na primeira qualificação, com a pista seca, Lucas não conseguiu extrair o melhor de seu carro devido ao tráfego e bandeiras vermelhas. Com isso, ficou apenas com a 23ª posição do grid, imaginando um prognóstico de corrida de recuperação.

Horas depois foi autorizada a primeira largada. Disposto a fazer uma prova de recuperação ele fez uma largada conservadora e começou a se superar os adversários. Andando no limite do carro ele chegou a recuperar algumas posições, mas, na ânsia de ultrapassar mais concorrentes, no segundo setor da pista, acabou pegando a parte suja do circuito e, com a pista molhada, rodou e abandonou a corrida.

A expectativa depositada por Lucas e a equipe foi então transferida para as atividades de hoje. Porém, a sorte realmente parecia não estar ao lado do brasileiro neste final de semana. Ao sair para a sessão classificatória, ainda na volta de aquecimento, o carro de Foresti apagou na pista, com um problema eletrônico. Assim, sem registrar nenhuma volta, Lucas teve de se posicionar na última fila do grid para a segunda corrida da rodada.

Decepcionado, mas, de cabeça erguida para realizar uma boa prova, Foresti alinhou seu carro. Novamente o piloto largou bem e deu início a sua recuperação. Nas quatro primeiras voltas ele conseguiu fazer algumas ultrapassagens e já ocupava o 20º lugar quando, na freada da curva “bus-stop”, foi atingido pelo carro de um concorrente. Aparentemente o carro não teve nada, porém, metros depois, Lucas sentiu que havia furado o pneu de seu carro. Como o traçado é muito longo não houve condições do piloto retornar aos boxes e, com isso, teve de abandonar a prova.

“Não tenho nem o que falar. Tivemos um final de semana péssimo, com problemas no carro em todas as sessões. Mais uma vez as bandeiras vermelhas e tráfego me atrapalharam na classificação e, para piorar, o cara me bateu e furou o pneu do meu carro. Realmente estou decepcionado, principalmente, porque quase não consegui andar. Vamos voltar para a França, trabalhar pesado com a equipe no acerto do carro e reparo de todos estes problemas para, na etapa da Alemanha, conseguirmos novamente um equipamento rápido e competitivo”, comentou o piloto de 20 anos.

Foto: Sabstiaan Rozendaal – Divulgação

Tags: