Correndo em casa, Jair Bana e Duda Bana vencem na estreia pela Top Series

10 de junho de 2012

Que era um carro rápido, todo mundo já sabia, bastava analisar os tempos registrados nos treinos livres em Pinhais. Mas a vitória ficou difícil para Jair Bana e Duda Bana depois da má notícia pouco antes do treino classificatório: com o motor quebrado, eles não participaram da tomada de tempo e largariam em último na corrida deste domingo (10). Sorte deles que o jogo começou a virar durante a prova, que eles venceram após três horas de disputa no Paraná.

“Meu pai fez uma excelente largada, andou bem o tempo inteiro e eu só precisei pegar o carro para vencer. Não enfrentamos nenhum problema durante a corrida, deu tudo certo e acho que isso é o mais importante no Endurance”, contou Duda Bana. Ponto para a resistência do Protótipo Predador. O carro já tem quatro anos de estrada e foi inteiramente preparado pela equipe de Jair e Duda, com parte dos equipamentos de carros de Fórmula.

O segundo lugar na categoria Top 2 ficou com o trio Marcello Sant’Anna, Christian Pons e Alexandre Zaninotto, que comemorou não apenas o pódio na classificação geral da categoria, mas também a vitória na divisão GT, destina exclusivamente aos modelos GT4. Com a Ferrari F430, eles chegaram imediatamente à frente da dupla Leonardo Vital e Demétrio Mendes, de Maserati Trofeo. Foi uma corrida cheia de alternativas em função da instabilidade climática.

Os carros já estavam no grid de largada quando a chuva resolveu trazer um tempero extra à corrida da Top Series. Como o regulamento proíbe a troca de pneus depois da placa de cinco minutos para a largada, os carros saíram de slick e recolheram para os boxes antes mesmo de completar a primeira passagem. As trocas de pneus foram frequentes nas três horas: chovia, parava, chovia de novo. E os vencedores nas duas divisões souberam lidar muito bem com os desafios.

A próxima etapa da Top Series será disputada dia 22 de julho, no circuito de Interlagos, em São Paulo (SP).

O RESULTADO FINAL EM PINHAIS
1°, T1, C.Longo – D.Serra, 3:01:22.516
2°, T1, X.Negrão – Xandinho, a 25.011
3°, T1, P.Queirolo – R.Barbosa, a 2 voltas
4°, T1, E.Amorin – J.Kraucher, a 6 voltas
5°, T2, J.Bana – D.Bana, a 8 voltas
6°, T2, SantAnna – Pons – Zaninotto, a 9 voltas
7°, T2, L.Vital – D.Mendes, a 17 voltas
8°, T2, H.Visconde – R.Landi, a 17 voltas
9°, T2, Kolling – Garcia – Costa Jr, a 17 voltas
10°, T2, R.Guerra – E.Furlanetto, a 17 voltas
11°, T2, N.Ribeiro – J.Ribeiro, a 19 voltas
12°, T1, M.Visconde – M.Wilson, a 22 voltas
13°, T2, A.Pardo – D.Pardo, a 22 voltas
14°, T1, D.Pimenta III – R.Pimenta, a 41 voltas
15°, T1, T.Andrade – B.Justo, a 56 voltas
16°, T2, M.Ramos – J.Cordova, a 75 voltas
17°, T2, S.Turvey – T.Riberi, a 83 voltas
18°, T2, Lozasso – Marques- Karan, a 99 voltas
19°, T2, J.Andrade – T.Andrade, a 112 voltas

Tags: