Henrique Martins perde vice-liderança na Fórmula Três Italiana

10 de junho de 2012

Um choque na última volta, quando ocupava a terceira posição e caminhava para o pódio na oitava etapa no circuito de Mugello, desalojou o paulista Henrique Martins da vice-liderança do Campeonato Italiano de Fórmula Três Euroseries. Martins foi tocado por Riccardo Agostini, recebeu a bandeirada em 10º e viu o francês Brandon Maisano, seu companheiro na Prema Powerteam, conquistar a primeira vitória na temporada, além de subir para o segundo lugar na classificação geral. No final do dia, Martins terminou em 5º na “sprint race”, prova com pouco mais de 15 minutos de duração vencida pelo romeno Robert Visoiu, e fechou a terceira rodada tripla na quarta posição da tabela de pontos.

Martins admitiu que o prejuízo do fim de semana foi grande. “Perdi pontos preciosos. Agostini tentou me passar no único ponto do traçado onde não se freia e acabou batendo”, explicou. A direção de prova não perdoou o movimento do piloto da JD Motorsport e aplicou uma punição em tempo que o derrubou do 3º para o 9º lugar. Apesar do saldo negativo da passagem pelo autódromo de propriedade da Ferrari, Martins já projeta a recuperação na próxima etapa, marcada para 8 de julho em Misano. “Treinamos lá há pouco mais de um mês e depois de duas horas eu já estava virando na batida do pessoal que já conhecia a pista”, afirmou.

A etapa inscreveu dois novos vencedores na galeria da Fórmula 3. Maisano é integrante da Ferrari Drivers Academy e Visoiu, de apenas 16 anos, se tornou o mais jovem vencedor da história da categoria. Oriundo de um país sem qualquer tradição no automobilismo, Visoiu liderou a dobradinha do Leste Europeu, já que foi seguido pelo russo Sergey Sirotkin, que tem a mesma idade e havia alcançado a mesma façanha na Auto GP há poucos meses.

A nova classificação do campeonato:

1 – Eddie Cheever Jr., 114 pontos
2 – Brandon Maisano, 91
3 – Riccardo Agostini, 81
4 – Henrique Martins e Sergey Sirotkin, 75
6 – Robert Visoiu, 60

Tags: