Justin Wilson vence no Texas

10 de junho de 2012

A sétima etapa da Fórmula Indy foi concluida neste sábado com uma disputa acirrada no empolgante circuito de Fort Worth, no estado do Texas.

Graham Rahal quase venceu a etapa texiana. O piloto de 23 anos liderava a prova quando na penúltima volta bateu contra o muro, perdendo o 1º lugar para Justin Wilson.

Wilson, piloto da Dayle Coyne Racing, venceu pela primeira vez no ano, sua 3ª vitória na categoria. O piloto largou da 17ª posição para a vitória.

Ryan Briscoe completou o pódio no Texas. James Hinchicliffe e JR Hildebrand ficaram respectivamente com a 4ª e 5ª posições.

Dentre os brasileiros, Hélio Castroneves foi o melhor no resultado final. Castroneves que já venceu por três vezes o GP do Texas, finalizou a prova na 7ª posição, depois de estar entre os cinco primeiros durante a prova.

Tony Kanaan teve problemas no primeiro pit stop, tendo que trocar o bico. O carro do brasileiro apresentou um problema mecânico, fazendo todas as paradas nos boxes mais delicadas devido ao problema no macaco hidraúlico. Com excelentes relargadas e um bom desempenho, o brasileiro chegou a estar entre os 3 primeiros, finalizando na 11ª posição.

Rubens Barrichello não largou devido a um problema na injestão de combustível no carro de número 8.

A corrida:

Logo na largada, Dixon, que largou na 4ª posição pulou para segundo em uma acirrada disputa com Tagliani. Franchitti foi o primeiro do pelotão a fazer a parada no pit stop, na volta de número 22, em uma prova prevista para ter aproximadamente 4 paradas nos boxes.

A primeira bandeira amarela apareceu na volta de número 32 quando Charlie Kimball rodou e bateu no muro. Neste momento da prova, a maioria dos pilotos fizeram seus “pit stop” causando um grande congestionamento nos boxes onde Dixon levou a melhor e passou a liderar a prova.

A segunda bandeira amarela veio na volta 65 ocasionada por Takuma Sato que rodou depois de sair de traseira no oval. Mais uma vez um batalhão aproveitou para mais uma parada nos boxes, neste momento Ryan Hunter-Reay abandonou a etapa com problemas e um pequeno toque.

Na altura da volta de número 120, quase metade da prova, os pilotos começaram a entrar para mais um pit stop. 131 voltas completadas quando a terceira bandeira amarela aconteceu com AJ Viso (KV Racing Technology) parado na pista com problemas mecânicos. Mais uma vez houve confusão na parada de múltiplos carros nos boxes, dessa vez com Castroneves tocado por Newgarden, que foi punido com um pit-stop.

A quarta bandeira amarela foi provocada por Scott Dixon, que liderou o maior número de voltas da corrida, e acabou sofrendo um acidente depois de bater contra o muro. Will Power havia ultrapassado o piloto da Ganassi 3 voltas antes, o piloto da Penske liderou por 50 voltas, perdendo a liderança quando punido por defender posição quando não permitido, provocando um pequeno toque com Tony Kanaan faltando 30 voltas para o final da prova.

A partir de então Graham Rahal, Justin Wilson e Ryan Briscoe protagonizaram uma briga pela liderança da prova onde o piloto da Dayle Coyne levou a melhor.

A categoria segue sem folga para GP de Milwaukee que acontece na próxima semana, dia 16 de junho.

Resultado da etapa do Texas:

1º. Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda), 228 voltas
2º. Graham Rahal (EUA/Chip Ganassi-Honda), a 3s9202
3º. Ryan Briscoe (AUS/Penske-Chevrolet), a 5s8619
4º. James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet), a 10s4511
5º. J. R. Hildebrand (EUA/Panther-Chevrolet), a 18s7749
6º. Simon Pagenaud (FRA/Schmidt Hamilton-Honda), a 21s3883
7º. Hélio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet), a 1 volta
8º. Will Power (AUS/Penske-Chevrolet), a 1 volta
9º. Alex Tagliani (CAN/BHA-Honda), a 1 volta
10º. James Jakes (ING/Dale Coyne-Honda), a 1 volta
11º. Tony Kanaan (BRA/KV-Chevrolet), a 1 volta
12º. Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet), a 1 volta
13º. Josef Newgarden (EUA/Fisher Hartman-Honda), a 2 voltas
14º. Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi-Honda), a 3 voltas
15º. Katherine Legge (ING/Dragon-Chevrolet), a 4 voltas
16º. Mike Conway (ING/A. J. Foyt-Honda), a 4 voltas
17º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet), a 6 voltas

Não completaram:
Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi-Honda), na volta 173
Ernesto Viso (VEN/KV-Chevrolet), na volta 129
Oriol Servià (ESP/Dreyer & Reinbold-Lotus), na volta 89
Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet), na volta 66
Takuma Sato (JAP/Rahal Letterman-Honda), na volta 64
Charlie Kimball (EUA/Chip Ganassi-Honda), na volta 30
Rubens Barrichello (BRA/KV-Chevrolet), não largou
Simona de Silvestro (SUI/HVM-Lotus), não largou

Tags: