Lewis Hamilton vence no Canadá

10 de junho de 2012

Lewis Hamilton conquistou hoje a sua primeira vitória no ano e foi o sétimo piloto a vencer na temporada, estabelecendo assim uma marca inédita quando, em um mesmo ano, sete pilotos diferentes vencem os sete grandes prêmios realizados.

O Grande Prêmio do Canadá de Fórmula Um, disputado na tarde deste domingo (10), no circuito Gilles Vileneuve, em Montreal, foi dos mais movimentados do ano e, além da bela vitória de Lewis Hamilton, teve o mexicano Sergio Perez na terceira posição após cruzar a linha de chegada apenas com uma troca de pneus.

Ao vencer o GP (a décima oitava vitória do piloto na categoria), Hamilton assume a liderança do campeonato com 88 pontos,dois a mais que Fernando Alonso, o segundo na classificação geral com 86 pontos. Na pista, o francês Romais Grosjean completou a corrida em segundo, e Sérgio Perez em terceiro, no seu segundo pódio do ano.

Felipe Massa protagonizou a primeira batalha da corrida quando conseguiu superar Nico Rosberg após duas voltas perseguindo o alemão. Com o quinto posto conquistado, o brasileiro andava sempre no mesmo ritimo de Alonso, Vettel e Hamilton, mas cometeu um erro e, na sexta volta, rodou após perder a traseira do carro, caindo assim para a décima segunda posição.

Felipe teve então de fazer uma corrida de recuperação e se arriscar para poder chegar na décima posição e somar mais um ponto ao final da corrida.

Na primeira parte da prova, Vetel manteve a primeira posição após uma largada sem incidentes, seguido por Hamilton e Alonso. Depois da primeira parada nos boxes Hamilton passou a liderar, seguido por Alonso, em segundo; com Vettel na terceira posição.

Seguindo na frente, o piloto inglês andava cada vez mais rápido, mostrando o equilíbrio da McLaren.

Hamilton foi o primeiro dos três a fazer a segunda parada, mas perdeu tempo após o mecânico que efetua a troca do pneu traseiro direito demorar mais que o normal fazendo com que ele perdesse segundos preciosos. Naquele momento Alonso, que permaneceu na pista, tratou de andar mais rápido antes de fazer sua segunda parada, mas Hamilton respondia com a melhor volta da corrida até ali, e partia para cima de Sebastian Vettel.

Hamilton e Vettel duelaram pelo segundo posto por várias voltas até o piloto da McLaren superar o da Red Bull e assim  atacar Fernando Alonso faltando sete voltas para o final. Depois de algumas tentativas o britânico superou o espanhol e reassumiu a liderança para, enfim, vencer sua primeira corrida no ano.

Após a segunda parada de Vetel e Alonso eles completaram a corrida na quarta e quinta posições. Em sexto chegou Nico Rosberg, com Mark Webber, em sétimo. O finlandês Kimi Raikkonen andou 41 voltas com o pneu macio até parar para a sua única troca da corrida, adotando a mesma estratégia de Sergio Perez. No entanto, o resultado não fora o mesmo do mexicano e Kimi ficou em oitavo. Na nona colocação ficou Kamui Kobayashi.

Bruno Senna não teve um bom fim de semana. Após bater no treino livre de sábado, o segundo representante brasileiro na Fórmula Um, não conseguiu acompanhar a tocada dos 10 primeiros e perdeu muito tempo atrás dos carros da Caterhan. Bruno ficou na décima sétima posição.

Schumacher teve problemas com a asa móvel, ela ficou aberta todo o tempo, provocando mais um abandono do piloto na temporada. O alemão disse que está desapontado e lamentou não ter terminado o GP onde já vencera sete vezes.

A próxima etapa é o Grande Prêmio da Europa, em Valência, na Espanha, dia 24 de junho.

Confira o resultado do GP do Canadá

1.  Hamilton      McLaren-Mercedes           1h32:29.586
2.  Grosjean      Lotus-Renault              +     2.513
3.  Perez         Sauber-Ferrari             +     5.260
4.  Vettel        Red Bull-Renault           +     7.295
5.  Alonso        Ferrari                    +    13.411
6.  Rosberg       Mercedes                   +    13.842
7.  Webber        Red Bull-Renault           +    15.085
8.  Raikkonen     Lotus-Renault              +    15.567
9.  Kobayashi     Sauber-Ferrari             +    24.432
10.  Massa         Ferrari                    +    25.272
11.  Di Resta      Force India-Mercedes       +    37.693
12.  Hulkenberg    Force India-Mercedes       +    46.236
13.  Maldonado     Williams-Renault           +    47.052
14.  Ricciardo     Toro Rosso-Ferrari         +  1:04.475
15.  Vergne        Toro Rosso-Ferrari         +     1 volta
16.  Button        McLaren-Mercedes           +     1 volta
17.  Senna         Williams-Renault           +     1 volta
18.  Kovalainen    Caterham-Renault           +     1 volta
19.  Petrov        Caterham-Renault           +     1 volta
20.  Pic           Marussia-Cosworth          +    2 voltas
Não completaram a prova:
Glock         Marussia-Cosworth           na volta 57
Schumacher    Mercedes                    na volta 34
De la Rosa    HRT-Cosworth                na volta 25
Karthikeyan   HRT-Cosworth                na volta 23.

Comfira a classificação do campeonato após sete etapas:

Mundial de Pilotos:
1.  Hamilton      88 Pontos
2.  Alonso        86 Pontos
3.  Vettel        85 Pontos
4.  Webber        79 Pontos
5.  Rosberg       67 Pontos
6.  Raikkonen     55 Pontos
7.  Grosjean      53 Pontos
8.  Button        45 Pontos
9.  Perez         37 Pontos
10.  Maldonado    29 Pontos
11.  Kobayashi    21 Pontos
12.  Di Resta     21 Pontos
13.  Senna        15 Pontos
14.  Massa        11 Pontos
15.  Hulkenberg    7 Pontos
16.  Vergne        4 Pontos
17.  Schumacher    2 Pontos
18.  Ricciardo     2 Pontos

Mundial de Construtores:
1.  Red Bull-Renault          164 Pontos
2.  McLaren-Mercedes          133 Pontos
3.  Lotus-Renault             108 Pontos
4.  Ferrari                    97 Pontos
5.  Mercedes                   69 Pontos
6.  Sauber-Ferrari             58 Pontos
7.  Williams-Renault           44 Pontos
8.  Force India-Mercedes       28 Pontos
9.  Toro Rosso-Ferrari          6 Pontos

Fotos: McLaren/Divulgação-Scuderia Ferrari/Divulgação

Tags: