Mobil Rush Racing Team volta à pista

14 de junho de 2012

Inscrita para esta temporada da Moto1000GP com quatro motos de marcas diferentes, Honda, Yamaha e BMW e Suzuki, a Mobil Rush Racing Team segue em busca de novo título nacional no mais competitivo certame do país. O piloto Dudu Rush, campeão do ano passado na Moto 1000 Light, correndo praticamente toda a temporada com uma Kawasaki Ninja ZX-6R contras as mil cilindradas que predominaram nos grids, alinhará agora com uma Honda CBR 1000 RR, da parceira Trends.

Já adaptado à nova moto, com a qual fez as duas últimas provas do ano passado, parte para o novo desafio, com os pneus slick adotados pela categoria, tornando-a mais competivia e próxima dos campeonatos mundiais. Desde os anos oitenta os pilotos brasileiros não usam pneus slick nas provas nacionais, a novidade que os levará a uma performance notavelmente superior. Muito mais sensíveis à temperatura, permitem e até exigem uma pilotagem mais agressiva, com as motos andando mais rápido no contorno das curvas e bem mais inclinadas.

Esses pneus de alto desempenho são subvencionados pela Michelin e pela Moto1000GP, ao custo de 990 reais, diferença pouca dos pneus de rua top de linha até então usados. Ninguém andou com eles ainda e vão encontrar a pista de Interlagos em condições desfavoráveis, pelas baixas temperaturas em São Paulo. Mesmo assim os tempos deverão cair até uns 2 segundos em relação aos anteriores. Será um aprendizado que justifica o investimento da organização, tocada pelo ex-campeão Gilson Scudeler, o diretor esportivo que tem sete títulos nacionais e parceiro de Alexandre Barros, e destaca o tempo de 9 horas de prática em cada etapa nesta temporada, para ajudar o desenvolvimento dos pilotos.

Além do campeão Dudu Costa Neto, a Mobil Rush terá o veterano Sergio Laurentz, trocando este ano as Kawasaki e Triumph que pilotava por uma BMW S 1000 RR e Cadu Zahran, que também defende a equipe há anos, com uma Yamaha R6 na categoria das “pequenas”. A novidade na equipe campeã é o cearense Léo Moraes, andando com uma Suzuki GSX 1000 R, marca que estreia no time, por toda a temporada. Nas etapas fora de São Paulo, como é costume, a Mobil Rush poderá inscrever pilotos locais, correndo como convidados.

Calendário:
A temporaa da Moto100GGP terá oito etapas: 17 de junho – Interlagos (SP), com rodada dupla; 22 de julho – Brasília (DF); 19 de agosto – Curitiba (PR); 23 de setembro – Santa Cruz do Sul (RS); 21 de outubro – Cascavel (PR); 2 de dezembro – Jacarepaguá (RJ), com rodada dupla.

Tags: