Tony Kanaan conquista as 500 Milhas de Indianápolis

26 de maio de 2013

Por Robério Lessa – A vitória da 97ª edição das 500 Milhas de Indianápolis foi do piloto brasileiro Tony Kanaan, que desde a largada mostrou o quanto seria competitivo dentro da tradicional prova disputada na tarde (horário local) deste domingo (26), nos Estados Unidos.

Campeão da Fórmula Indy em 2004, a vitória deste domingo celebra a realização de um sonho há muito cultivado pelo baiano Kanaan, que lutou, sobretudo nos últimos dois anos, para permanecer na categoria.

Após a decepção de ver seu carro parando na reta da prova do Brasil, quando tinha chances reais de vitória, Tony, como poucos, evitou disparar contra a equipe e , naquele momento disse que isso acontecia em corridas, e apostava no trabalho conjunto para as 500 Milhas.

Tal como uma profecia, Tony, que ainda enfrenta uma lesão na mão direita, se classificou em 12º e, na sexta (24), foi o brasileiro mais rápido no último teste preparatório.

Na última relargada, faltando três voltas para o final, Tony Kanaan fez o que sabe fazer de melhor, acelerou e assumiu a ponta da corrida para não mais perder, se tornando o quarto brasileiro a conquistar a vitória na mítica pista de Indianápolis.

Com a vitória, ele escreve seu nome na história da corrida que é realizada desde 1911, e também tem sua imagem esculpida no gigante troféu dado aos vencedores, onde abriga a face dos brasileiros Emerson Fittipaldi (1989 – 1993), Helio Castroneves (2001,2009 e 2009) e, Gil de Ferran (2003). Assim, o Brasil passa a ter sete vitórias e só fica atrás dos Estados Unidos, que tem 70 vitórias.

“É maravilhoso. A última volta foi mais longa da minha vida até cruzar a linha de chegada, mas felizmente chegou o meu dia. Vou colocar o meu rosto feio naquele troféu, e com nariz e tudo. Não tenho nem palavras para descrever isso, mas não tenho como traduzir a emoção de vencer aqui. Passa um filme na cabeça de todas as vezes que não consegui, toda vez que tive de recomeçar os treinos aqui e esperando chegar esse dia. Quando deu a bandeira amarela e estava em segundo pensei ‘acho que pode ser hoje. Poderia muito ser hoje o meu dia’, e felizmente foi. Quando as pessoas me cobravam ganhar aqui, era porque elas gostavam de mim e queria me ver vencendo as 500 milhas. Eu já tinha até me conformado de não vencer, mas não achava justo com todo esse povo aqui fora. Então essa vitória não é só pelo trófeu e o título, e sim para todas essas pessoas que sempre torceram por mim sem quererem nada em troca. Queria agradecer a todos no Brasil, que sempre acreditaram e me empurraram para essa vitória, e ao meu filho: te amo Léo. Tinhamos um bom carro, e também um ótimo plano. Era um daqueles dias, que tudo está tranquilo. O Jimmy estava calmo, eu estava calmo, ninguém gritava, eu senti que estava tudo no controle. Mas na última volta que eu estava liderando e deu bandeira amarela, comecei a checar tudo no carro. Ufa, era o meu dia. Nunca tive dúvidas de que poderia ganhar, mas esse lugar é muito especial para mim, então eu acabava me cobrando. Mas hoje funcionou”, declarou o brasileiro após sua 16ª vitória na categoria. Kanaan leva para casa o prêmio de US$ Um milhão pela vitória na prova.

Confira o resultado final das 500 Milhas de Indianápolis de 2013:

1. (12) Tony Kanaan
2. (2) Carlos Munoz
3. (7) Ryan Hunter-Reay
4. (3) Marco Andretti
5. (14) Justin Wilson
6. (8) Helio Castroneves
7. (5) AJ Allmendinger
8. (21) Simon Pagenaud
9. (19) Charlie Kimball
10. (1) Ed Carpenter
11. (13) Oriol Servia
12. (23) Ryan Briscoe
13. (18) Takuma Sato
14. (16) Scott Dixon
15. (29) Ana Beatriz
16. (28) Tristan Vautier
17. (24) Simona De Silvestro
18. (4) EJ Viso
19. (6) Will Power
20. (20) James Jakes
21. (9) James Hinchcliffe
22. (31) Conor Daly
23. (17) Dario Franchitti
24. (11) Alex Tagliani
25. (26) Graham Rahal
26. (33) Katherine Legge
27. (22) Townsend Bell
28. (25) Josef Newgarden
29. (15) Sebastien Bourdais
30. (30) Pippa Mann
31. (32) Buddy Lazier
32. (27) Sebastian Saavedra
33. (10) JR Hildebrand

Sobre Tony Kanaan: O piloto baiano começou a carreira no kart, com oito anos de idade. Foi campeão Campeão Paulista (cinco títulos) e um  Campeão Brasileiro.  Participou dos campeonatos brasileiros de Fórmula Ford e Fórmula Chevrolet, europeu de Fórmula Opel, Campeonato Italiano de Alfa Boxer (Campeão), Fórmula Três Italiana, Indy Lights (foi vice-campeão em 1996 e campeão em 1997). Em 1998 entrou na Fórmula Indy quando foi considerado o melhor estreante ( Rookie of the Year). Em 2004 foi Campeão na Fórmula Indy.

Fotos: Indy Car Series/Divulgação.