Experiência nas pistas de terra motiva Cesquim

15 de julho de 2014

228059_418306_20140608_258_truckbsb_rodrigoruiz_03644_web_A Fórmula Truck realiza neste final de semana (19 e 20 de julho) a quinta etapa da temporada 2014, no reformulado Autódromo de Cascavel. A pista do oeste paranaense é de alta velocidade e de baixa aderência – em virtude da areia trazida pelo vento para o traçado.

Mas, o que poderia ser visto como um problema, beneficiaMarcello Cesquim, piloto do Mercedes-Benz nº90 da ABF Competições. Oriundo das pistas de terra, o paranaense está acostumado a guiar “de lado”, em pistas sujas. “Sempre gostei de pilotar em circuitos de baixa aderência, como esse de Cascavel. Por isso, espero colher um resultado positivo, quem sabe até um pódio”, prevê.

Prova disso é que o melhor estreante do campeonato “beliscou” o pódio na última etapa, disputada na abrasiva pista de Brasília. “Andei bem desde o início da prova e cheguei em sexto, enquanto os concorrentes sofriam com a baixa aderência daquele traçado. Não fosse um pneu furado, em virtude de uma batida, teria subido ao pódio”, relembra.

228059_418305_20140606_258_truckbsb_rodrigoruiz_01439_web_A adaptação de Cesquim ao “bruto” está surpreendendo até o coach dele: “é um garoto com grande potencial. Ainda precisa evoluir em alguns aspectos, mas os resultados colhidos nas quatro primeiras corridas surpreenderam e nos deixam motivados”, comemora Pedro Pimenta, que também é piloto de carros de turismo.

Com apenas 23 anos, Cesquim é o oitavo colocado no Campeonato, à frente de pilotos experientes, como Danilo Dirani, Diogo Pachenki, Adalberto Jardim, Djalma Fogaça, Valmir Benavides e David e Pedro Muffato. Além disso, está a cinco pontos do atual campeão, Beto Monteiro, e a dez do companheiro de equipe Paulo Salustiano.

Por tudo isso, o paranaense vive um momento especial na carreira. “Nunca imaginei que poderia estar entre os dez primeiros num campeonato tão competitivo e sem nunca ter guiado um caminhão de corrida na minha vida. Espero continuar colhendo bons resultados e Cascavel é uma etapa que me deixa bastante motivado”, adianta.

Os pilotos da Fórmula Truck entram na pista na sexta para os primeiros treinos livres. No sábado acontece mais uma sessão e a tomada de tempos, que define o grid de largada. A corrida de domingo começa às 13h15.

CLASSIFICAÇÃO APÓS QUATRO ETAPAS,/b>
1º) Leandro Totti (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, 121
2º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 76
3º) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car-Corinthians, 58
4º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF-Santos, 54
5º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF-Santos, 43
6º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 35
7º) Beto Monteiro (PE/Iveco), ScuderiaIveco, 30
8º) Marcello Cesquim (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 25
9º) Danilo Dirani (SP/Scania), Ticket Car-Corinthians Motorsport, 24
10º) Diogo Pachenki (PR/Volvo), Copacol Clay Truck Racing, 20
11º) Fabiano Brito (PR/Volvo), ABF Motorsport, 18
12º) Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 16
13º) André Marques (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 15
14º) Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, 14
15º) RaijanMascarello (MT/Ford), DF Racing Fans, 11
16º) Valmir Benavides (SP/Iveco), ScuderiaIveco, 10
17º) Michelle de Jesus (SP/Volvo), ABF Motorsport, 7
17º) Luiz Lopes (SP/Iveco), LucarMotorsports, 7
19º) João Maistro (PR/Volvo), Copacol Clay Truck Racing, 5
19º) David Muffato (PR/Ford), DF Racing Fans, 5
21º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, 3
21º) Jaidson Zini (PR/Iveco), Dakarmotors, 3
23º) Leandro Reis (GO/Ford), Original Reis Competições, 1

Fotos: Rodrigo Ruiz