Luciano Ribodino e José Duarte dominam etapa do Racing Day Nordeste de Motovelocidade

21 de julho de 2014

001 Motovelocidade 3Por Robério Lessa – Um dia de fortes emoções no Autódromo Internacional Virgílio Távora, localizado na cidade do Eusébio (CE), com a realização da terceira etapa do Racing Day Nordeste de Motovelocidade, que reuniu 20 pilotos divididos nas categorias Copa Ninja, 250/300cc, 250/300cc Pro, 600cc SS Pro, 600cc STK, 1000cc SS PRO, e Categoria 1000cc STK.

Às 10 da manhã deste domingo (20) foi dado início à programação com a primeira bateria envolvendo os pilotos das categorias Copa Ninja, 250/300cc e 250/300cc Pro. Largando na pole position o cearense José Duarte, que disputa o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, o Moto 1000 GP na categoria 300cc pela equipe Estrella Galicia, by Alex Barros, exerceu grande domínio desde os treinos de sábado (19) quando marcou a pole position com o tempo de 1m32,511s, sendo o único a andar na marca de um minuto e 32 segundos.001 Duarte 2

Desde a largada ele mostrou que estava bastante à vontade e motivado para fazer uma grande corrida, e venceu de ponta a ponta as duas baterias e ainda marcou a melhor volta das duas fases. Na bateria inicial o melhor tempo foi de 1m32,827s, e na bateria final melhorou sua marca em mais de um segundo, com 1m31,553s.

Se Duarte dominou a prova, deixou a briga para os demais pilotos que proporcionaram bons pegas ao longo das 26 voltas (somando as duas baterias), com destaque para o confronto entre Bequinho e Paulo Luna.

001 Motovelocidade 101Após chegar à frente de Luna na primeira bateria, Bequinho teve de lutar contra um problema na alimentação da moto durante a segunda bateria. Devido a pouca gasolina no tanque de combustível, a sua moto começou a apresentar falhas após a quinta volta. A situação piorava na parte do “miolo” quando tinha de contornar as curvas. Contando com um pouco de sorte diante da situação negativa, Bequinho conseguiu chegar ao final da bateria em terceiro, garantindo mais um lugar no pódio da Copa Ninja.

Na categoria 250/300cc Pro Renato Mariano venceu a primeira bateria e Campelo, que não corria havia dois anos, a segunda. Na 250/300cc Michael e Moab ficaram em primeiro e segundo nas duas baterias.

001 Motovelocidade 6Se o público já se empolgara com as motos de 250cc e 300cc, quando as de 600cc e 1000cc rasgaram a reta de 680 metros do circuito de 3,1 Km, foi uma verdadeira explosão de emoções. Muitos ficaram boquiabertos com tamanha potência dos motores e da velocidade (próximo aos 250km/h) imprimida na reta antes da freada forte para o contorno da primeira curva do traçado, a Curva do Desespero.

A segurança das modernas motocicletas, devidamente preparadas para tamanha exigência em 26 voltas é o que permite aos pilotos serem alçados à condição de verdadeiros heróis modernos, responsáveis por materializar o sonho de muitos que gostariam de poder participar de uma corrida.

001 Luciano Ribodino 5E um desses personagens que mais chamou a atenção dos presentes foi o argentino Luciano Ribodino, que, a exemplo de Duarte, disputa o Brasileiro de Motociclismo (nesta prova havia ainda outro piloto que compete no certame nacional, o pernambucano Thiago Mendonça) e é Bicampeão da principal categoria.

Pilotando uma moto 600cc, o piloto de 20 anos serrou o punho e mostrou toda a sua técnica desenvolvida ao longo de 10 anos de competição, já que iniciou no mundo das corridas de moto aos 10 anos de idade.

001 Luciano Ribodino 01Na primeira bateria ele chegou com uma vantagem de 14, 532s de vantagem para o segundo colocado na geral, o piloto Thiago Fonseca, que disputa pela categoria 1000cc Pro. Além disso, fez a melhor volta em 1m17,208s. O piloto recém contratado pela HPN voltou a brilhar na segunda bateria e voltou a vencer com uma diferença de 24.676s sobre o segundo colocado na classificação geral, Leo Moraes, também da categoria 1000cc Pro, e baixou seu tempo de melhor volta para 1m16,697s Na segunda colocação das 600cc Pro ficou Ronaldo Leitão nas duas baterias.

001 Motovelocidade 9Se o domínio do portenho foi de saltar os olhos, as brigas pelas demais posições também deram o tom da prova disputada em grande nível técnico. O crescimento da motovelocidade no Brasil, que tem dois grandes campeonatos (Moto 1000GP e Superbike).

Pela categoria 600cc STK Thyago Rodas venceu as duas baterias e comemorou muito o resultado diante dos aplausos do público presente à arquibancada que vibrou muito quando ele fez um “zerinho” lembrando os grandes ídolos do motociclismo mundial, afinal além das disputas na pista esses “pequenos shows” que nada prejudica o asfalto ajuda a animar o público criando grande interação e motivando outras pessoas para assistir aos espetáculos nas pistas.

001 Motovelocidade 45Na categoria 1000cc SS Pro o vencedor das duas baterias foi Leo Morais, com Thiago Fonseca em segundo na primeira bateria, e Francisco Carvalho em segundo na segunda bateria. O pernambucano Thiago, companheiro de equipe de Ribodino na HPN lamentou não ter completado a segunda bateria por conta de um problema mecânico em sua moto. A trava do pinhão havia apresentado uma falha na primeira bateria, e ele conseguiu, com muita perícia, levar a moto para o pódio, mas não houve como solucionar o problema para a etapa complementar.

A competição volta ao Ceará em Outubro, entre os dias 10 e 12 para a realização da quinta etapa da competição.

Confira os dois primeiros colocados em cada categoria:

Categoria 1000cc STK

Primeira Bateria
1 – Leo Morais
2 – Thiago Fonseca

Segunda Bateria
1 – Leo Morais
2 – Francisco Carvalho

Categoria 1000cc STK

Primeira Bateria
1 – Antônio Jorge
2 – Emmanuel

Segunda Bateria
1 – Antônio Jorge
2 – Matrix

Copa Ninja

Primeira Bateria:
1 – José Duarte
2 – Bequinho

Segunda Bateria
1 – José Duarte
2 – Paulo Luna

Categoria 250/300cc

Primeira Bateria
1 – Michael
2 – Moab

Segunda Bateria
1 – Michael
2 – Moab

250/300cc Pro

Primeira Bateria
1 – Renato Mariano
2 – Campelo

Segunda Bateria
1 – Campelo
2 – Renato Mariano

Categoria 600 SS Pro

Primeira Bateria
1 – Luciano Ribodino
2 – Ronaldo Leitão

Segunda Bateria
1 – Luciano Ribodino
2 – Ronaldo Leitão

Categoria 600 STK

Primeira Bateria
1 – Thyago Rodas
2 – Breno Pinto

Segunda Bateria
1 – Thyago Rodas
2 – Breno Pinto

Confira galeria de fotos:

Texto e Fotos: Robério Lessa

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização