Mineiro Paulo Victor vai em busca do título que falta: o Brasileiro.

23 de julho de 2014

1Líder do Top Kart Brasil, com vitória na segunda etapa, no Beto Carrero World, e do Paulista. Com pódios na Copa SP Light e a condição de mais jovem finalista da história da Seletiva Petrobras. Vivendo seu melhor momento nas pistas, o mineiro Paulo Victor chega ao 49º Brasileiro de Kart, na Arena Schin, em Itu, com confiança e otimismo justificados. E até sábado promete ser uma das atrações na briga pelo título da categoria Júnior.

Depois do intenso trabalho para conseguir o acerto ideal para o chassi Techspeed e o motor preparado pela RBC, os resultados começaram a aparecer com constância. Nesta mesma pista de Itu, ele dominou quase todo o fim de semana da abertura do Top Kart Brasil, e acabou recebendo a bandeirada em sexto ao não conseguir desviar de um rival que rodou à sua frente e ser obrigado a fazer uma corrida de recuperação. Na Copa SP Light, no mesmo traçado, ficou em segundo.

E não poderia haver motivação maior do que a vitória no Top Kart Brasil, que valeu ao piloto de 15 anos, nascido em Belo Horizonte, a liderança do certame, com a decisão praticamente no quintal de casa – o Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano. Até sábado, cada detalhe será levado em conta para a longa caminhada rumo à bateria final – depois da qualificação, são quatro baterias classificatórias e a pré-final, que define o grid da prova decisiva.

“Estou muito animado com os treinos que fizemos e os últimos resultados, pois estamos no caminho certo. O Brasileiro é uma competição difícil, em que qualquer detalhe pode te tirar da briga; o segredo é buscar ser regular, ficar longe das confusões e atacar na hora certa”, explica.

Foto: Flávio Quick/Quick Comunicação/Divulgação

ALDEIA-MUNDO-BANNER-MATÉRIAS-680x168