Luis Fittipaldi animado para terceira etapa do Moto 1000 GP

24 de julho de 2014

a271604e693a447f247bdc8290ab1ecdO Moto 1000 GP volta a Brasília (DF) nesta semana para as corridas da terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, marcadas para o domingo (27) no traçado de 5.475 metros do Autódromo Internacional Nelson Piquet.

Na GP 1000, categoria principal do Moto 1000 GP, a torcida brasiliense será direcionada a Luis Fittipaldi, único representante da capital federal no grid. Piloto da JC Racing Team, equipe que venceu a etapa de junho em São Paulo com o norte-americano Danny Eslick, Fittipaldi tem como meta terminar a prova entre os 10 primeiros colocados. “Correr em Brasília é bom, conheço bem essa pista, apesar de não pilotar aqui há um bom tempo”, ele comenta.

Inscrito no Moto 1000 GP com a Kawasaki número 95, Fittipaldi aponta o alto nível dos pilotos da GP 1000 – maior parte deles representantes de outros países – como maior desafio. “Acompanhar os estrangeiros não é fácil. Minha meta é tentar andar junto com os pilotos da ponta, fazer um tempo bom, largar do meio do pelotão e acompanhar o ritmo na corrida”, estipula. Fittipaldi obteve o quinto lugar na última prova do Moto 1000 GP em Brasília, em 2012.

85c433b5d940186759569b6091d2d614O GP Petrobras, que deu início à temporada em Santa Cruz do Sul (RS) no dia 4 de maio, teve Fittipaldi largando em 15º e terminando a corrida em 13º. No GP Michelin, disputado em Interlagos (SP) no dia 15 de junho, o brasiliense ocupou o 21º lugar no grid de largada e cruzou a linha de chegada em 17º. Ele ocupa o 20º lugar na tabela de classificação da categoria principal do Brasileiro de Motovelocidade, com três pontos conquistados.

Fotos: Equipe Sanderson