Revelações da GPR 250 figuram entre os destaques da GP 600

25 de julho de 2014

1O início da segunda temporada da GPR 250, categoria-escola do Moto 1000 GP, apresentou disputas intensas ao público do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. As etapas de Santa Cruz do Sul (RS) e São Paulo (SP) foram marcadas pelo equilíbrio entre os vários pilotos que figuraram na disputa pelas vitórias – que foram conquistadas pelos paulistas Meikon Kawakami, da Playstation-PRT, e Lucas Torres, da Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros.

Kawakami, dono de uma vitória e um segundo lugar, apresenta-se para a terceira etapa, que será disputada neste domingo (27) em Brasília, como líder do Moto 1000 GP. Ele soma 47 pontos, dez a mais que o gaúcho Giovandro Tonini, da Santin Racing. Torres soma uma sexto lugar e uma vitória e aparece em terceiro, com 36 pontos. No GP Brasília, a GPR 250 deverá reunir pelo menos 20 participantes no grid do Autódromo Internacional Nelson Piquet.

2O objetivo principal do Moto 1000 GP com a implantação da série, que é a formação de pilotos, já apresenta resultados. Dois competidores egressos da GPR 250 estão entre os principais destaques da GP 600 no Moto 1000 GP: o paranaense Joelsu da Silva, da equipe Paulinho Superbikes, vice-líder com 20 pontos, e o gaúcho Pedro Sampaio, campeão da categoria-escola em 2013 e terceiro colocado na classificação atual da GP 600, com 16 pontos.

À frente dos dois pilotos revelados na GPR 250, na pontuação, aparece o uruguaio Maximiliano Gerardo, único piloto com duas vitórias na temporada de 2014 em todas as categorias do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Os competidores da GPR 250, GP 600, GP Light e GP 1000, principal categoria da competição, vão à pista a partir desta sexta (25), nos treinos livres que abrem a preparação para o GP Brasília.

MOTO 1000 GP – PROGRAMAÇÃO DO GP BRASÍLIA
(Autódromo Internacional Nelson Piquet, 25 a 27 de julho de 2014)

Sexta
13h00 – primeiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)
13h35 – primeiro treino livre da GP 600 (25 minutos)
14h10 – primeiro treino livre da GP 1000 (25 minutos)
14h45 – primeiro treino livre da GP Light (25 minutos)
15h20 – segundo treino livre da GPR 250 (25 minutos)
15h55 – segundo treino livre da GP 600 (25 minutos)
16h30 – segundo treino livre da GP 1000 (25 minutos)
17h05 – segundo treino livre da GP Light (25 minutos)

Sábado
9h00 – terceiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)
9h35 – terceiro treino livre da GP 600 (25 minutos)
10h10 – terceiro treino livre da GP 1000 (25 minutos)
10h45 – terceiro treino livre da GP Light (25 minutos)
11h20 – quarto treino livre da GPR 250 (25 minutos)
11h55 – quarto treino livre da GP 600 (25 minutos)
13h20 – quarto treino livre da GP 1000 (25 minutos)
13h55 – quarto treino livre da GP Light (25 minutos)
14h30 – treino classificatório Q1 da GPR 250 (20 minutos)
14h55 – treino classificatório Q1 da GP 600 (20 minutos)
15h20 – treino classificatório Q1 da GP 1000 (20 minutos)
15h45 – treino classificatório Q1 da GP Light (20 minutos)
16h15 – treino classificatório Q2 da GPR 250 (10 minutos)
16h30 – treino classificatório Q2 da GP 600 (10 minutos)
16h45 – treino classificatório Q2 da GP 1000 (10 minutos)
17h00 – treino classificatório Q2 da GP Light (10 minutos)

Domingo
8h10 – warm up da GP 600 (10 minutos)
8h30 – warm up da GP Light (10 minutos)
8h50 – warm up da GP 1000 (10 minutos)
9h10 – warm up da GPR 250 (10 minutos)
10h20 – largada da GP 600 (11 voltas)
11h20 – largada da GP Light (11 voltas)
11h50 – show de wheeling e visitação aos boxes
13h10 – largada da GP 1000 (14 voltas)
14h05 – largada da GPR 250 (7 voltas)
15h00 – motopasseio

Fotos: Equipe Sanderson