Thiago Lopez Oliveira frustrado com pancadaria

28 de julho de 2014

229195_421771_img_9285_thiagooliveira_press_web_Foi o certame de kartismo mais frustrante até hoje para o pequeno (12 anos) piloto Thiago Lopez Oliveira, que começou a bateria final na quarta posição. O 49º Campeonato Brasileiro de Kart da categoria Junior Menor teve Caio Colllet como campeão, seguido de Diego Ramos e Gianluca Petecof, os únicos que se livraram da pancadaria da corrida decisiva, realizada no último sábado (26) em Itu, no interior de São Paulo.

“Levei cinco batidas que me jogaram para fora da pista em pouco mais de 20 voltas. É só ver pelo resultado que só os três primeiros chegaram juntos, com uma diferença enorme de nove segundos para os outros. Foi mais uma corrida de bate-bate, e eu poderia ter brigado pelo pódio se não fossem os acidentes em que me envolveram”, lamentou Thiaguinho, que terminou apenas na 15ª posição.

Largando da quarta fila, Thiago Oliveira completou a primeira volta na quarta posição, mas na abertura do segundo giro já levou uma batida e saiu da pista. Retornou à corrida e nas voltas seguintes também foi levando vários toques e só conseguiu completar as duas últimas voltas sem levar pancadas.

229195_421772_img_9252_thiagooliveira_press_web_“Olha só o absurdo. A minha volta mais rápida foi a penúltima, com os pneus gastos e o chassi torto, só porque não levei nenhuma batida. Tinha um chassi Mini muito bom no início da corrida, um motor Kit bem afinado pela Tibola preparações, com condições de terminar no pódio. Foi frustrante terminar se arrastando por causa da maldade ou erros dos outros”, encerrou o piloto.

Os 15 primeiros no Campeonato Brasileiro de Kart na categoria Júnior Menor foram: 1) Caio Collet, 24 voltas em 21min17s536; 2) Diego Ramos, a 1s44s; 3) Gianluca Petecof, a 1s723; 4) Ricardo Medeiros, a 10s634; 5) Edgar Bueno Neto, a 11s331; 6) Guilherme Peixoto, a 11s407; 7) José Muggiati Neto, a 13s171; 8) Felipe Baptista, a 14s515; 9) Guilherme Teixeira, a 17s496; 10) Rafael Reis, a 24s178; 11) Vinicius Martins, a 25s300; 12) Pedro Adami, a 25s507; 13) Brunno Madruga, a 31s032; 14) André Abdo, a 34s212; 15) Thiago Oliveira, a 36s240.

Fotos: Luiz Pinheiro