Cascavel recebe etapa da Stock Car

10 de agosto de 2014

Júlio CamposA primeira metade do calendário 2014 da Stock Car será fechada neste domingo (17) em Cascavel  (PR) em meio a rigoroso equilíbrio na classificação de pilotos, algo incomum nos últimos anos da principal série do automobilismo nacional. Enquanto os nomes que dominaram nas temporadas passadas encontram dificuldades para se aproximar dos ponteiros, a liderança vem sendo discutida até por antigos coadjuvantes. Provável efeito colateral das mudanças no regulamento desportivo, que entre outras novidades criou o formato de rodada dupla em nove das 12 etapas, o campeonato tem atualmente a liderança de Átila Abreu (AMG) com 76 pontos, perseguido de perto por Thiago Camilo (RCM), com 72, e Júlio Campos (Prati-Mico’s Racing), com 71.

Campos é um dos destaques da fase inicial e pode sonhar em conquistar um troféu que o Paraná não comemora desde a conquista de David Muffato em 2003. Sempre rápido nos treinos classificatórios e com pódios em Brasília e Goiânia, o piloto curitibano só não goza de uma posição ainda mais privilegiada por causa de uma pane no novo sistema de câmbio na prova inaugural que praticamente o impediu de andar em Interlagos. Desde então, vem pontuando com regularidade e se aproximando cada vez mais do topo da tabela.

Uma das razões da boa campanha de Campos é a evolução que a Equipe Prati-Mico’s Racing vem experimentando desde que passou a contar com o apoio da farmacêutica Prati-Donaduzzi há três anos. A parceria colhe agora os frutos de um projeto de longo prazo e cujo ponto mais alto foi a inédita vitória de Antonio Pizzonia – companheiro de Campos – na etapa de Santa Cruz do Sul, quebrando um longo jejum tanto do piloto amazonense quanto da equipe. Há duas semanas em Goiânia, confirmando o crescimento da organização comandada pelo diretor-técnico Juan Carlos “Mico” Lopez, um uruguaio radicado no Brasil há mais de duas década, a Prati-Mico’s Racing assumiu a liderança entre os times.Antonio Pizzonia

Em sua corrida “em casa, já que o patrocinador está sediado em Toledo, a poucos quilômetros de Cascavel, a Prati-Mico’s Racing aguarda pelo fim de semana com um mal contido otimismo. “Tenho certeza que iremos bem nesta pista, porque nosso carro tem um acerto que privilegia mais as curvas do que as retas longas, como foi o caso da recente corrida em Goiânia. As retas de Cascavel são menores e vai casar bem com nosso carro acredita Campos, de olho na primeira vitória na Stock Car.

Embora satisfeito com o balanço das cinco primeiras etapas, “Mico” lembra que a prioridade da equipe continua sendo a luta pelos dois títulos. “Nossa meta é sempre somar o maior número de pontos possível em cada etapa. Apesar do prêmio tentador, foi com esse objetivo que entramos na Corrida do Milhão. Saímos de lá na frente entre as equipes e com o Julinho em terceiro, além de ganharmos mais uma posição com o Pizzonia. Essa maneira de encarar o campeonato está dando certo”, acrescenta “Mico”.

A programação será aberta na sexta-feira com a realização de duas sessões de treinos extras, a partir das 9h40, e mais duas de ensaios livres. A definição do grid será na tarde de sábado, enquanto a primeira corrida no domingo começará às 11 horas, com duração de 40 minutos e mais uma volta. A segunda bateria, com 20 minutos e uma volta, tem início previsto para as 12h13.

Fotos: Vanderley Soares-MF2/Divulgação.

Texto: Márcio Fonseca/Divulgação.

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização