Beto Monteiro aponta evolução da Scuderia Iveco

12 de agosto de 2014

074bf8545c1d36e2fd8b3a44959c2834O título de marcas no Campeonato Sul-Americano de 2013 e os títulos de pilotos obtidos por Beto Monteiro no Sul-Americano e no Brasileiro poderiam sugerir uma temporada de amplo domínio da Scuderia Iveco na Fórmula Truck em 2014. A equipe comemorou três vitórias na última temporada – nas provas de Interlagos e de Córdoba, com o próprio pernambucano, e na etapa final em Brasília, com o paulista Valmir “Hisgué” Benavides.

As cinco primeiras etapas de 2014, contudo, foram de resultados aquém do esperado por pilotos e integrantes da equipe. Com a temporada na metade, Monteiro ocupa o oitavo lugar na tabela de classificação, sete posições à frente de Benavides. Os dois fazem planos para reverter o panorama já a partir do GP Aquarius Hotel, que será disputado em Santa Cruz do Sul neste domingo (17), valendo pela sexta das dez etapas da competição.

“Estamos encarando a etapa com otimismo, o rendimento dos nossos caminhões melhorou”, sinaliza Monteiro, baseado n a atuação do companheiro de equipe na etapa de julho em Cascavel, onde a disputa pelo primeiro pódio da temporada terminou em um toque com Roberval Andrade nas voltas finais. “O Hisgué andou muito bem. E não custa lembrar que, da última vez que a Truck esteve em Santa Cruz do Sul, eu fui pole position”, destaca.

354916910dc3deca3957952a5b654d6aOs dois pilotos fizeram testes com seus caminhões em Cascavel no dia seguinte ao GP Crystal. “Foi um teste focado em evitar a emissão de fumaça, mas é notório que nossos caminhões evoluíram. Não sei se estamos no nível de planejar vitórias já nas próximas corridas, mas o fato de vermos que dá para figurar entre os primeiros é um ótimo indicativo. Por enquanto o termo de ordem é ganhar posições no campeonato”, diz o atual campeão.

Monteiro marcou pontos nas quatro primeiras etapas de 2014. Foi sexto colocado em Caruaru, onde largou do fim do pelotão depois de uma punição na tomada de tempos classificatória, foi sétimo colocado nas corridas de Curitiba e São Paulo e 11º em Brasília. Benavides, o outro piloto da Scuderia Iveco, foi o oitavo colocado em Caruaru, ficou em 12º em Brasília e foi 14º em Cascavel, depois do incidente que o tirou da disputa por um lugar no pódio.

CAMPEONATO BRASILEIRO DE FÓRMULA TRUCK
(Classificação após 5 de 10 etapas)
1º) Leandro Totti (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, 152
2º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 89
3º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF-Santos, 79
4º) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car-Corinthians, 62
5º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF-Santos, 59
6º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 45
7º) André Marques (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 35
8º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, 30
8º) Marcello Cesquim (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 30
10º) Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 24
10º) Danilo Dirani (SP/Scania), Ticket Car-Corinthians Motorsport, 24
12º) Diogo Pachenki (PR/Volvo), Copacol Clay Truck Racing, 20
13º) Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, 14
14º) Raijan Mascarello (MT/Ford), DF Racing Fans, 13
15º) Valmir Benavides (SP/Iveco), Scuderia Iveco, 11
16º) Ronaldo Kastropil (SP/Mercedes-Benz), Santa Carolina Racing Team, 7
16º) Leandro Reis (GO/Ford), Original Reis Competições, 7
16º) Michelle de Jesus (SP/Volvo), ABF Motorsport, 7
16º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, 7
20º) João Maistro (PR/Volvo), Copacol Clay Truck Racing, 5
20º) David Muffato (PR/Ford), DF Racing Fans, 5
22º) Débora Rodrigues (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, 3
22º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, 3
22º) Jaidson Zini (PR/Iveco), Dakarmotors, 3

Fotos: Orlei Silva

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização