Sobrou para a Tcheca

21 de agosto de 2014

MOTO-PRIX-CZE-MOTO GPAcompanhe no Carros e Corridas mais uma Coluna do Borracha deste ano com o jornalista Eduardo Abbas.

A etapa de Brno quebrou a hegemonia de Marquez e colocou um pouco mais de pimenta na disputa pelo vice de 2014

Na MotoGP é assim, ou 8 ou 800. Dificilmente Marc Marquez vai fazer uma corrida tão ruim até o fim do campeonato, e mais difícil ainda será seus adversários disputarem uma tão boa. O prenuncio de uma grande reviravolta no resultado da corrida, se deu logo na bandeira verde, quando a Formiga Atômica, que era pole, acabou largando muito mal e caiu para sexta posição.

Impressionante mesmo foi ver o Valentino, agora, depois de velho, largar muito bem e assumir a ponta. Daí veio o atropelo, sem nada a perder, Pedrosa e Lorenzo não quiseram nem saber e se jogaram pra frente, colocando as duas Ducati, que começam a se mostrar competitivas de novo, no seu devido lugar. No embaralhar das posições, acabou o Dani vencendo, com o Lorenzo em segundo e o Valentino em terceiro.

MOTO-PRIX-CZE-MOTO GPAzar de Marquez que acabou em quarto, sorte do trio da diferença, que diminuiu um pouco a distância pro menino, mas que ainda é enorme, para se ter uma idéia, a continuar com essa diferença, o campeonato acaba no Japão, que, conforme eu disse na semana passada, deve ser o desejo da equipe Honda. Na verdade, acabou a pressão por quebra de recorde, acabou o domínio completo e acabou sobrando pra tcheca, que ficou mesmo muito molhada depois da festa dos três no pódio.

No fim de semana teve a antepenúltima etapa da Fórmula Indy em Milwaukee, e aconteceu a virada do australiano pra cima do brasileiro. Will Power dominou o fim de semana, fez a pole, ficou mais voltas na frente e venceu sem deixar muitas dúvidas nem questionamentos. A equipe foi perfeita e o patrão, Roger Penske, não facilitou nem dificultou a vida pra ninguém. Pior para o Helinho Castroneves, que começa a ver o campeonato novamente escorrer entre os dedos.

Will Power 2Apesar da pequena vantagem de 39 pontos (são ainda 150 em jogo) nem tudo esta perdido para o brasileiro, mas o momento é delicado e ele repete 2013, tem apenas uma vitória no campeonato e agora, na fase decisiva, começa a cair de rendimento. Nesse fim de semana tem mais uma etapa, agora em Sonoma, um circuito misto, onde quem sabe ele pode mostrar recuperação e partir para a última e derradeira etapa, essa com pontos dobrados, numa situação melhor? A conferir!

No fim de semana tem também a volta da Fórmula 1 das férias. A dança das cadeiras já começou e pela Toro Rosso, que já anunciou o holandês Max Verstappen, de 16 anos, para o lugar de Jean Éric Vergne. Max é o mais jovem piloto a entrar na categoria, é filho de Jos Verstappen que quase nada fez pelo esporte. Na verdade o menino é mais uma das loucuras do Bernie Ecclestone, porque, na falta de talentos de verdade e pagantes em excesso, ele opta por nivelar a maior categoria do automobilismo mundial ao kart. Acho isso uma insanidade, ou o garoto é gênio ou um grande sortudo, mas esta feito, e eu, diria só uma coisa ao Max Verstappen: VAI ESTUDAR MOLEQUE!

A gente se encontra na semana que vêm!

Beijos & queijos.

ABBASEduardo Abbas, um dos mais respeitados profissionais de imprensa, especializado em automobilismo e indústria automobilística.  Dentre suas realizações destacam-se a criação e direção do programa Linha de Chegada,  a direção do programa Grid Motor, a  produção da Stock Car e toda parte de motorsport do canal  Sportv. Abbas foi também produtor da Fórmula Um na Rede Globo desde 1990 e é atual membro da ABIAUTO (associação brasileira da imprensa automotiva). Também atua como consultor na área de comunicação e automobilismo.

Escreva para o colunista: coluna.site@gmail.com