Daniel Ricciardo vence a terceira corrida no ano

24 de agosto de 2014

RicciardoPor Robério Lessa – O piloto australiano Daniel Ricciardo  conquistou a vitória no Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula Um, a sua terceira no ano e na carreira.

“Ninguém poderia apostar que nós teríamos alguma chance por aqui, mas eu acho que nós tivemos um bom ritmo em toda a corrida, o que surpreendeu a nós mesmos. Parece um pouco surreal, mas uma vitória é muito legal, muito legal. Foi difícil permanecer no final da corrida. Quando você é o líder, assim você sempre se sente como se estivesse o mais vulnerável quando se trata de um pit stop ou não, mas meu engenheiro Simon veio no rádio e disse que faltavam 11 voltas do fim. E eu disse que eu acho que posso manter mais ou menos nesse ritmo, e fomos capazes disso, na última volta, eu encontrei mais alguns décimos, então eu estava tendo um pouco de diversão na pista. Houve um monte de coisas boas sobre a vitória de hoje, obviamente, os dois últimos vieram de um estilo mais agressivo de corrida, mas hoje foi mais calculado e foi bom para ganhar em circunstâncias diferentes. “

A prova, disputada no circuito de Spa-Francorchamps começou com as Mercedes na frente, mas um toque entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton ainda nas primeiras voltas fez com que a corrida ganhasse outro contorno até o final, já que Hamilton teve o pneu estourado devido ao toque da asa dianteira da Mercedes de Nico.

Mesmo conseguindo levar sua Mercedes para os boxes e trocar de pneus,  Hamilton abandonou a prova com problemas em seu carro, Já Nico teve de parar nos boxes para troca do bico, o que o fez perder várias posições, mas nada que a superioridade do carro germânico não pudesse ajudá-lo a chegar em segundo.

O brasileiro Felipe Massa também sofreu por causa do toque de Nico em Hamilton. Um pedaço do bico da Mercedes número seis ficara preso no assoalho da Williams de massa, e este perdeu rendimento e terminou a corrida em 13°

Valtteri Bottas andou sempre no grupo da frente e chegou em terceiro, completando o pódio.

Confira a classificação final do GP da Bélgica:
1º Daniel Ricciardo (Red Bull-Renault) 44 voltas
2º Nico Rosberg (Mercedes) a 3.3s
3º Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) a 28.0s
4º Kimi Räikkönen (Ferrari) a 36.8s
5º Sebastian Vettel (Red Bull-Renault) a 52.1s
6º Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) a 54.2s
7º Jenson Button (McLaren-Mercedes) a 54.5s
8º Fernando Alonso (Ferrari) a 1m01.1s
9º Sergio Pérez (Force India-Mercedes) a 1m04.2s
10º Daniil Kvyat (Toro Rosso-Renault) a 1m05.3s
11º Nico Hülkenberg (Force India-Mercedes) a 1m05.6s
12º Jean-Eric Vergne (Toro Rosso-Renault) a 1m1.9s
13º Felipe Massa (Williams-Mercedes) a 1m15.9s
14º Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) a 1m22.4s
15º Esteban Gutiérrez (Sauber-Ferrari) a 1m30.8s
16º Max Chilton (Marussia-Ferrari) a 1 volta
17º Marcus Ericsson (Caterham-Renault) a 1 volta
18º Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) a 5 voltas

Abandonos:

Lewis Hamilton (Mercedes)
Romain Grosjean (Lotus-Renault)
Pastor Maldonado (Lotus-Renault)
André Lotterer (Caterham-Renault)

Confira como está a classificação do Mundial de pilotos:

1. Nico Rosberg 220
2. Lewis Hamilton 19
3. Daniel Ricciardo 156
4. Fernando Alonso 119
5. Valtteri Bottas 110
6. Sebastian Vettel 98
7. Nico Hülkenberg 69
8. Jenson Button 66
9. Kevin Magnussen 45
10. Felipe Massa 40
11. Kimi Räikkönen 39
12. Sergio Pérez 31
13. Jean-Éric Vergne 11
14. Romain Grosjean 8
15. Daniil Kvyat 7
16. Jules Bianchi 2

Confira a classificação do Mundial de Construtores:

1. Mercedes 411
2. Red Bull/Renault 254
3. Ferrari 158
4. Williams/Mercedes 150
5. McLaren/Mercedes 111
6. Force India/Mercedes 100
7. Toro Rosso/Renault 18
8. Lotus/Renault 8
9. Marussia/Ferrari 2

Foto: Red Bull Racing