Mobil Delvac Salvini Racing conquista segunda posição na quarta etapa do Rally dos Sertões

28 de agosto de 2014

232302_431370__04_donicastilho_1834O Rally dos Sertões montou acampamento na quinta cidade da rota de 2014: São Francisco, situada ao Norte de Minas Gerais. Até aqui foram percorridos 1.474,54 quilômetros, faltam ainda 1.134,44 quilômetros. A competição largou em Goiânia, GO, no último dia 24, e a chegada será no dia 30, em Belo Horizonte, MG.

A quarta etapa do Rally dos Sertões teve o maior trecho cronometrado desta edição do evento: 363,85 quilômetros, que somados aos deslocamentos, foram percorridos 585,30 quilômetros. Para a categoria caminhões foram apenas 140 quilômetros de especial. O trajeto teve inúmeros obstáculos, tais como: depressões, erosões, lombas, pedras, cascalho, piso duro (ora de areia), travessias de rios e diversas curvas. De modo geral, a especial foi bem rápida e possibilitou aos competidores explorarem o melhor de seus motores.

232302_431372_402___guido_salviniA Mobil Delvac Salvini Racing está comprometida com o resultado, e apesar de já ter passado por diversos problemas ao longo da competição, não desanima e, tampouco, perde o foco. Desta forma, o piloto Guido Salvini, o navegador Flávio Bisi e o copiloto Fernando Chwaigert conquistaram nesta quarta etapa, a segunda posição entre os caminhões, e o primeiro lugar entre os caminhões pesados, na marca de 2h09min48s. O trio ficou a apenas 26 segundos dos primeiros colocados. “Estou bem satisfeito, pois conseguimos acelerar no ritmo dos caminhões pequenos, e realizamos algumas ultrapassagens”, destacou.

232302_431398_003_neyevangelista_1346Vem por aí a etapa maratona, que começa amanhã, 28. Essa é a fase mais complexa para quem compete no Rally dos Sertões, pois os veículos seguem para dois dias de prova, sendo que no último, eles não recebem qualquer manutenção mecânica. A equipe de apoio é proibida de se aproximar das máquinas. Além disso, a organização sempre escolhe as regiões com obstáculos naturais extremamente exigentes, onde, de fato, os participantes mais bem preparados se sobressaem. “É preciso dosar nessa etapa do rali, manter o equilíbrio e conter o ímpeto para acelerar é a melhor receita. Nós, da Salvini Racing, sempre utilizamos da estratégia de poupar o caminhão e, na segunda perna da maratona, buscar o melhor tempo”, comentou Salvini.

A 5ª etapa alcançará a cidade histórica de Diamantina, MG, em uma etapa de 645,44 quilômetros, com 335,98 quilômetros de trecho cronometrado.

Classificação – 4ª etapa do Rally dos Sertões
Paracatu a São Francisco, MG

Caminhões
1º Edu Piano/Solon Mendes/Antonio Sales, 2h09min22s
2º Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwaigert, 2h09min48s
3º Felício Bragante/Evandro Bautz/Paco Corder, 2h11min18s

Programação – 22º Rally dos Sertões

28 de agosto- 5ª etapa – São Francisco (MG)/Diamantina (MG) – MARATONA
Deslocamento inicial: 223,57 km
Trecho especial: 335,98 km
Deslocamento final: 85,89 km
Total do dia: 645,44 km

29 de agosto- 6ª etapa – Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 0 km
Trecho especial: 178,87 km
Deslocamento final: 25,42 km
Total do dia: 204,29 km

30 de agosto- 7ª etapa – Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Trecho especial: 54,38 km
Deslocamento inicial: 125,88 km
Deslocamento final: 151,96 km
Total do dia: 336,96 km

Fotos: Divulgação

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização