Em casa, Kaesemodel sofre acidente e é tirado da corrida

31 de agosto de 2014

232687_432606_vsm21913Foi exatamente na hora da largada da primeira corrida da rodada dupla da sétima etapa da Stock Car, realizada, neste domingo (31), no Autódromo de Curitiba, que a chuva começou, para desespero dos competidores. Para Lico Kaesemodel, que estava afastado das pistas há quatro meses e retornou nessa prova a convite da equipe Hanier Racing para substituir o piloto Beto Cavaleiro, a frustração foi ainda maior. Correndo em casa, Lico conseguiu dar apenas dez voltas, sendo sete sob bandeira amarela, até ser atingido violentamente e tirado da prova. Em seguida ao acidente, a direção de prova decretou bandeira vermelha para, uma hora e meia depois, decidir pelo encerramento da prova em função das condições de segurança.

“Fui atingido de lado e até agora nem sei quem foi, como foi… Não enxergava absolutamente nada. Era a segunda relargada em nove voltas. Mantive a minha linha, a meio acelerador e olhando para o muro como referência. De repente, senti um impacto bem forte na lateral traseira direita do carro, em seguida, outro na lateral, e ai fui jogado no muro. Só senti o impacto e depois a consequência dele: uma dor muscular forte no pescoço e ombros. Menos mal que nada de grave aconteceu, pois essa corrida largou sem o mínimo de segurança, com zero de visibilidade, todos tirando o pé no meio da reta. Poderia ter sido interrompida antes, tanto que, logo após o meu acidente, imediatamente a direção de prova acionou a bandeira vermelha”, lamentou Lico.

Cumprindo a programação, a largada foi dada com safety car, que, a princípio, duraria duas voltas, mas acabou ficando por seis. Largou e, na sequência, um acidente parou a prova em e, novamente, o carro de segurança entrou na pista. Relargou na volta nove e outro acidente, dessa vez mais feio, envolvendo quatro carros, entre eles o de Lico, fez o safety entrar novamente e a direção de prova interromper definitivamente a corrida.

Assim, a vitória na corrida um ficou com Daniel Serra, que largou na pole. Após cerca de duas horas, com uma condição climática mais favorável, largou a corrida dois, que teve vitória de Ricardo Maurício.

Texto: ContrimCom/Divulgação

Foto: Vanderley Soares/Divulgação