Final do Top Kart Brasil revelou os campeões da temporada

31 de agosto de 2014

232629_432341_porticoTerminou nesta tarde a edição 2014 do Top Kart Brasil. A mais nova competição do kartismo nacional teve três eventos sendo o primeiro no interior de São Paulo, em Maio, o segundo em Santa Catarina, em Julho e este terceiro evento que foi a final, disputada no Kartódromo RBC Racing, na grande Belo Horizonte.

Em uma atmosfera de grande competitividade os pilotos não mediram esforços na busca dos títulos e, com isso, todas as corridas deste sábado foram muito emocionantes. Assim como aconteceu nos GP’s de São Paulo e de Santa Catarina as disputas foram acompanhadas por um bom público e toda a infra-estrutura foi, sem dúvida, a mais completa das competições nacionais.

Após uma rápida sessão de aquecimento os pilotos se posicionaram sob o pórtico do Top KART Brasil e, em seguida, se dirigiram para frente dos boxes onde ouviram o Hino Nacional e receberam os prêmios de participação. Passada esta solenidade os karts seguiram para as corridas.

A primeira final foi da categoria Júnior Menor. Fazendo jus ao que já tinha realizado na primeira e na segunda etapas do Campeonato o paulista Caio Collet (SP) fez bonito e venceu. Ele largou da pole, foi superado na primeira volta, mas rapidamente conseguiu se recuperar e com grande vantagem recebeu a bandeirada da vitória e do título. Stefano Marins (SC) chegou em segundo e José Muggiatti Neto (MG), em terceiro.

A segunda corrida reuniu os pilotos da Cadete. 14 pilotos participaram das disputas que foram muito emocionantes. A briga pela primeira posição foi dramática e somente definida na última volta. Os quatro primeiros colocados vinham se revezando na ponta, mas, deixaram a definição para a última passagem. Rafael Araújo (MG), que abrira esta volta na quarta posição, acabou se beneficiando da troca de posições dos concorrentes, pulou para a ponta e venceu de forma espetacular. Pedro Rosa (MG) chegou em segundo e Pedro Benz (MG), em terceiro. Araújo garantiu o título e Benz o vice-campeonato.

Pela classe Júnior a primeira grande surpresa do dia. Paulo Victor Lima (MG) partiu da primeira posição, mas, acabou sendo superado por Arthur Leist (RS). Eles travavam uma boa disputa pela liderança que recebeu ainda outros concorrentes. Vindo da última fila do grid, porém, o piloto Sérgio Crispim (PB), vencedor da primeira etapa, fez uma irretocável corrida de recuperação e conseguiu receber a bandeira quadriculada na primeira posição. Com problemas mecânicos Leist e Paulo não terminaram. Assim, Lucas Okada (DF) ficou com o vice-campeonato e Gabriel Paturle (MG) com a terceira posição.

Pela categoria IAME TaG a briga pelo título valia, além do troféu, o direito de seguir para o Mundial X30 World, que será disputado em outubro, na França. Em um dia inspirado o piloto João Cunha (SP) fez uma corrida de muita técnica e, após chegar à liderança foi abrindo pouco a pouco até vencer com grande vantagem. Após uma largada sensacional, Anderson Faita (SC) chegou na segunda posição. Porém, como Cunha já tinha a vaga para o Mundial garantida em um outro evento, Faita ficou com o direito de também representar o Brasil na Europa. No terceiro lugar chegou Antônio Ventre Figlio (RS).

A corrida da Sudam teve André Nicastro (RJ) pulando na ponta logo na primeira curva. O experiente piloto havia tomada a ponta do pole-position Lucas Nogueira (MG), que caíra para a última posição. Em uma grande recuperação Lucas fez muitas ultrapassagens e, aproveitando-se de um problema de freios no kart de André, reassumiu a dianteira e venceu. Pietro Rimbano (SP) chegou na segunda posição Lucca Croce (SP), em terceiro. Lucas ganhou com seu título o direito de disputar o F3 Brazil Open 2015, em Interlagos, com a equipe Cesário F3.

A Master teve 17 pilotos no grid representando a classe mais movimentada do dia. Antônio Ventre (RS), em uma corrida de muita estratégia ele abriu bastante nas primeiras voltas, mas, no fim da prova foi muito pressionado por Alain Sisdelli (SP). Mesmo assim ele conseguiu suportar a pressão e garantiu o título. Sisdelli ficou com o vice-campeonato e Leonardo Nienkotter (SC) o terceiro lugar.

Encerrando o sábado de competições a F4 Honda teve também um bom número de pilotos na disputa. Apesar de ter partido da pole-position o piloto Daniel Cançado (MG) não conseguiu se manter na liderança e viu o conterrâneo Rian Pereira (MG) assumir a primeira posição e seguir sem ser ameaçado até a bandeirada final. William Hoepers (MG) chegou no segundo lugar e Ronaldo Staico (MG), em terceiro.

Pedro Sereno, diretor executivo do Top Kart Brasil, comentou animado peste primeiro ano. “Fizemos um Campeonato saindo do zero. Conseguimos mais de 200 pilotos no primeiro ano em uma competição que contou com o apoio das principais empresas do kartismo nacional. Queremos agradecer muito aos concorrentes, patrocinadores e dizer que, com certeza, em 2015 o Top Kart Brasil será ainda maior. Estamos estudando algumas modificações e certamente traremos ainda mais novidades para o ano que vem”.

Foto: Quick Comunicação

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização