Brian David festeja em Cascavel primeira vitória na GPR 250

1 de setembro de 2014

1 O encerramento do GP Cascavel, quarta etapa do Moto 1000 GP em 2014, levou à pista do Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR), os pilotos da categoria de formação GPR 250. Depois de terem atuado na prova válida pela quarta etapa, eles participaram de uma segunda corrida, realizada como forma de reposição da terceira etapa, cancelada no evento de 27 de julho em Brasília (DF) por conta da falta de condições climáticas e técnicas favoráveis.

Realizada depois da quarta, a terceira etapa da GPR 250 foi marcada pela primeira vitória de Brian David, agora defendendo a Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros. Sexto colocado no grid, o piloto goiano completou a primeira volta da corrida em terceiro, assumiu a segunda posição na volta seguinte e surgiu como líder da corrida na abertura da terceira volta, com uma ultrapassagem na curva do Bacião sobre o paulista Meikon Kawakami, pole position.

2Líder da temporada, Kawakami, que pilota para a Playstation-PRT, ficou em quarto lugar na etapa que encerrou as disputas do GP Cascavel. Os outros dois pilotos da equipe de David também subiram ao pódio – o cearense José Duarte ficou em segundo, com o paulista Lucas Torres em quinto. A terceira colocação coube ao gaúcho Herbert Pereira, da Aclat Racing, que abandonou a primeira corrida do dia depois de sofrer uma queda quando era líder.

A quinta etapa do Moto 1000 GP em 2014 será disputada em Goiânia (GO), no Autódromo Internacional Ayrton Senna, no dia 21 de setembro. No GP Cascavel, depois de 13 voltas, o resultado da terceira etapa da categoria GPR 250 foi o seguinte:

1º) Brian David (MS/Kawasaki), Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, 19min24s441
2º) José Duarte (CE/Honda), Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, a 2s201
3º) Herbert Pereira (RS/Kawasaki), Aclat Racing, a 2s283
4º) Meikon Kawakami (SP/Honda), Playstation-PRT, a 2s284
5º) Lucas Torres (SP/Honda), Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, a 13s847
6º) Ton Kawakami (SP/Honda), Playstation-PRT, a 13s956
7º) Suel da Silva (PR/Kawasaki), Paulinho Superbikes, a 28s110
8º) Gabriel da Silva (URU/Kawasaki), Mobil Ituran Racing Team, a 37s003
9º) Giovandro Tonini (RS/Honda), Santin Racing, a 40s629
10º) Nic Nottingham (SP/Kawasaki), Team de Grandi, a 1min01s249
11º) Rafinha Traldi (SP/Honda), Playstation-PRT, a 1min01s378
12º) Maycon Benassi (PR/Kawasaki), Competizione Racing Team, a 1min03s273
13º) Dilson Fernandes (RS/Honda), Carlos Barcelos, a 1min25s977
NÃO LARGOU
Márcio Miranda (PR/Honda), Luizinho Racing
Melhor volta: Pereira, na 13ª, 1min27s407, média de 125,949 km/h

Após quatro etapas, a classificação da GPR 250 é: 1º) M. Kawakami, 86 pontos; 2º) Torres, 60; 3º) Tonini, 53; 4º) Duarte, 49; 5º) David, 45; 6º) T. Kawakami, 32; 7º) Nottingham, 29; 8º) S. Silva, 27; 9º) Pereira, 19; 10º) Miranda, 18; 11º) Mattes e Rosa, 16; 13º) Santos, 13; 14º) Traldi, 12; 15º) Benassi, 10; 16º) Castroviejo, 9; 17º) Muniz, G. Silva, e Fernandes, 8; 20º) Bandeira, 4; 21º) Ribeiro, 3; 22º) Henriques, 2.

Fotos: Equipe Sanderson

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização