Fórmula Truck atinge marca de 200 corridas

10 de setembro de 2014

1O próximo domingo (14) será histórico para o Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. A sétima das dez etapas da temporada de 2014 será disputada em Córdoba, na província argentina de Alta Gracia, marcando a 200ª corrida da história da categoria desde sua homologação, em 1996, pela Confederação Brasileira de Automobilismo. É a sexta vez que a categoria dos caminhões tem uma corrida na Argentina – o país figura no calendário desde 2009.

Três pilotos já venceram a etapa argentina do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. Felipe Giaffone, da RM Competições/MAN Latin America, foi o primeiro na corrida de 2009, em Buenos Aires, e na de 2012, em Córdoba. As outras duas corridas realizadas no circuito da capital do país, em 2010 e 2011, tiveram vitórias de Geraldo Piquet, da ABF-Santos Desenvolvimento. Em 2013, a etapa de Córdoba foi vencida por Beto Monteiro, da Scuderia Iveco.

Giaffone é vice-líder da atual temporada com 106 pontos. Monteiro, com 62, está em quarto. Piquet soma 59 e está em sexto. A liderança da tabela é de Leandro Totti, também piloto da RM/MAN Latin America, que venceu as cinco primeiras etapas da temporada e soma 152 pontos. Wellington Cirino, também da ABF-Santos, é o terceiro, com 103. O grupo dos seis primeiros inclui ainda Roberval Andrade, da Ticket Car-Corinthians Motorsport, com 62.

2O circuito do Autódromo Oscar Cabalén, em Córdoba, na província de Alta Gracia, é um dos que oferecem maiores médias de velocidade entre os 10 que compõem o calendário da Fórmula Truck. Em 2012, Giaffone conquistou a pole position da etapa perfazendo média horária de 145,488 quilômetros para o traçado de 3.691 metros. A volta mais rápida em corrida, também da edição de 2012, teve Giaffone atingindo média de 142,969 km/h.

19 TEMPORADAS
A história da Fórmula Truck nas pistas teve início em 1995, com quatro provas extraoficiais realizadas em caráter experimental nas pistas de Cascavel (PR), Goiânia (GO), Londrina (PR) e Guaporé (RS). O resultado da experiência conduziu a competição à homologação a partir de 1996. A primeira edição do Campeonato Brasileiro, no ano de 1996, compreendeu seis rodadas duplas, a primeira delas em Guaporé, com vitória de Renato Martins.

As cinco primeiras temporadas oficiais da Fórmula Truck apresentavam duas corridas por evento. Foram seis rodadas duplas em 1996 e mais seis em 1997, sete rodadas duplas em 1998, oito em 1999 e oito em 2000, quando o regulamento aboliu o sistema de rodadas duplas e a categoria contabilizava um histórico de 70 corridas. Cada temporada entre 2001 a 2007 teve nove etapas. Desde 2008, são dez corridas a cada edição do Campeonato Brasileiro.

3Martins, que competiu como piloto até 2011, é o recordista de vitórias da F-Truck – com 27. Outros dois pilotos, ambos ainda em atividade, atingiram a marca de duas dezenas de primeiros lugares: Wellington Cirino, que ganhou 23 corridas, e Roberval Andrade, com 20 conquistas. Cirino é recordista de títulos brasileiros, com os quatro conquistados em 2001, 2003, 2005 e 2008, e detém também o recorde de pole positions, tendo liderado o grid 29 vezes.

A lista de vencedores liderada por Martins, hoje chefe de equipe da RM Competições/MAN Latin America, inclui os nomes de 24 dos 103 pilotos que disputaram pelo menos uma corrida na Truck. Cirino é um dos 25 pilotos que largaram da pole ao menos uma vez. A galeria dos campeões brasileiros traz os nomes de Cirino (quatro títulos), Giaffone (três), Andrade, Monteiro, Martins, Osvaldo Drugovich Júnior, Jorge Fleck (dois, cada) e Totti (um).

PROGRAMAÇÃO
4As atividades alusivas à etapa argentina terão início na quinta (11), com a realização do Truck Kids no Centro Cívico de Córdoba, a partir das 13h – as ações do projeto social criado em 2009 também serão desenvolvidas no autódromo na tarde de sexta (12), a partir das 15h30, logo após o término da programação de treinos livres. Serão duas sessões livres de treinos, com 60 minutos de duração, cada, com início previsto para as 11h e as 14h.

No sábado (13) serão realizadas mais duas sessões de treinos livres, com duração de 45 minutos, cada, a partir das 8h30 e das 10h15. As tomadas de tempo classificatórias para definição das posições de largadas terão início às 13h e serão transmitidas ao vivo pelo site formulatruck.com.br. A corrida de domingo será transmitida para todo o Brasil pela Rede Bandeirantes em HD, a partir das 13h – a largada para 60 minutos de prova será dada às 13h15.

CAMPEONATO BRASILEIRO DE FÓRMULA TRUCK
(Classificação após 6 de 10 etapas)
1º) Leandro Totti (PR/Volkswagen), RM Competições, 152
2º) Felipe Giaffone (SP/MAN), RM Competições, 106
3º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF-Santos Desenvolvimento, 103
4º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, 62
4º) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car-Corinthians Motorsport, 62
6º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF-Santos Desenvolvimento, 59
7º) André Marques (SP/Volkswagen), RM Competições, 53
8º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 47
9º) Marcello Cesquim (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 38
10º) Adalberto Jardim (SP/Volkswagen), RM Competições, 31
11º) Danilo Dirani (SP/Scania), Ticket Car-Corinthians Motorsport, 27
12º) Diogo Pachenki (PR/Volvo), Copacol Clay Truck Racing, 25
13º) Valmir Benavides (PR/Iveco), Scuderia Iveco, 21
14º) Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, 14
15º) Raijan Mascarello (MT/Ford), DF Racing Fans, 13
16º) Jansen Bueno (PR/Scania), Muffatão, 12
17º) Ronaldo Kastropil (SP/Mercedes-Benz), Santa Carolina Racing Team, 11
18º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, 9
19º) Michelle de Jesus (SP/Volvo), ABF Motorsport, 7
19º) Leandro Reis (GO/Ford), Original Reis Competições, 7
21º) Gustavo Magnabosco (SC/Volvo), ABF Motorsport, 6
22º) David Muffato (PR/Ford), DF Racing Fans, 5
23º) João Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing, 5
24º) Débora Rodrigues (PR/Volkswagen), RM Competições, 4
25º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, 3
25º) Jaidson Zini (PR/Iveco), Dakarmotors, 3

Fotos: Orlei Silva

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização