Galid Osman e Ricardo Maurício vencem no Velopark

14 de setembro de 2014

Ricardo Maurício 2A Stock Car viveu no Autódromo do Velopark uma série de emoções distintas na primeira corrida, disputada neste domingo (14). A primeira foi a frustração, vivida por Julio Campos. O paranaense largou na pole position e liderou a prova até restarem 20 minutos para o final, quando sofreu um problema com seu disco de freio e abandonou. A segunda foi o susto. Valdeno Brito enfrentou problemas no motor e ficou parado no meio da reta dos boxes. Marcos Gomes não conseguiu desviar e acabou acertando o carro 77. Os pilotos nada sofreram. A última emoção foi a alegria de Galid Osman, que venceu pela primeira vez uma corrida na categoria. Cacá Bueno terminou em segundo e Daniel Serra em terceiro.

Na segunda prova Ricardo Maurício largou na primeira posição, por ter terminado a primeira bateria em décimo. Manteve a liderança até o final e, mesmo tendo sido pressionado por Átila Abreu na última volta, conseguiu segurar a pressão e vencer pela segunda vez na temporada. Átila terminou em segundo e Allam Khodair em terceiro.Galid Osman

O bom pit stop realizado pela equipe Ipiranga-RCM foi decisivo para a conquista de Galid. “É uma emoção muito grande. Tanto eu quanto a equipe estávamos sendo muito competitivos nas últimas corridas. Escolhemos uma estratégia um pouco mais arriscada, de fazer o pit stop um pouco depois dos outros, e também por termos contando com possíveis intervenções do safety car na primeira e na segunda corridas. Deu certo. Quero dedicar a vitória a minha equipe. São merecedores, fizeram um ótimo pit stop”, comentou Galid.

Com os resultados no Velopark, Ricardo Maurício ocupa agora a sexta posição no campeonato e espera brigar pelo título. “Essa foi minha segunda vitória aqui no Velopark. Tenho duas vitórias, dois segundos e um terceiro. É um lugar que sempre me trouxe muita alegria. Consegui subir para sexto no campeonato, apesar de o Átila estar sempre pontuando. Não está fácil encostar nos líderes, mas a gente está vivo. Tem muita corrida pela frente e a última vale o dobro da pontuação. Sabemos que é muito difícil, mas a gente não desiste”, afirmou o atual campeão da Stock Car.

Ricardo MaurícioA categoria segue para Santa Cruz do Sul (RS), para a disputa da nona etapa, dia 28 de setembro. Veja como terminaram as corridas:

Corrida 1:
1. Galid Osman (Ipiranga-RCM) – 39 volta em 41min40s928
2. Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 0.420
3. Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 0.821
4. Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 2.347
5. Ricardo Zonta (RZ Motorsport) – a 2.575
6. Max Wilson (Eurofarma RC) – a 2.695
7. Allam Khodair (Full Time Sports) – a 4.383
8. Átila Abreu (Mobil Super Racing) – a 4.994
9. Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 6.460
10. Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 8.071
11. Sergio Jimenez (Voxx Racing Team) – a 8.504
12. Felipe Lapenna (Hot Car Sports) – a 8.979
13. Antonio Pizzonia (Prati-Mico’s Racing) – a 8.999
14. Denis Navarro (Voxx Racing Team) – a 9.293
15. Diego Nunes (C2 Team) – a 9.559
16. Gabriel Casagrande (C2 Team) – a 10.929
17. Vitor Genz (Boettger Competições) – a 11.793
18. Bia Figueiredo (ProGP) – a 12.379
19. Rafael Suzuki (ProGP) – a 14.038
20. Popó Bueno (Shell Racing) – a 1 volta
21. Lucas Foresti (RC3 Bassani) – a 1 volta
22. Vicente Orige (Boettger Competições) – a 1volta
23. Alceu Feldmann (Hanier Racing) – a 1 volta
24. Beto Cavaleiro (Hanier Racing) – a 3 volta
25. Valdeno Brito (Shell Racing) – a 8 volta
26. Marcos Gomes (Schin Racing Team) – a 8 volta
Não completaram 75% da prova
27. Tuka Rocha (RZ Motorsport)
28. Luciano Burti (Vogel Motorsport)
29. Julio Campos (Prati-Mico’s Racing)
30. Felipe Fraga (Vogel Motorsport)
31. Fabio Fogaça (Schin Racing Team)
32. Nonô Figueiredo (Mobil Super Racing)
33. Rafa Matos (Hot Car Competições)
*Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

Corrida 2:
1. Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – 18 volta em 21min02s330
2. Átila Abreu (Mobil Super Racing) – a 0.708
3. Allam Khodair (Full Time Sports) – a 0.926
4. Max Wilson (Eurofarma RC) – a 1.864
5. Ricardo Zonta (RZ Motorsport) – a 2.427
6. Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 2.793
7. Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 3.054
8. Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 3.438
9. Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – a 3.702
10. Antonio Pizzonia (Prati-Mico’s Racing) – a 4.027
11. Denis Navarro (Voxx Racing Team) – a 5.381
12. Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 6.276
13. Sergio Jimenez (Voxx Racing Team) – a 6.813
14. Diego Nunes (C2 Team) – a 7.204
15. Bia Figueiredo (ProGP) – a 7.634
16. Vitor Genz (Boettger Competições) – a 7.942
17. Gabriel Casagrande (C2 Team) – a 8.160
18. Rafael Suzuki (ProGP) – a 8.381
19. Nonô Figueiredo (Mobil Super Racing) – a 8.954
20. Popó Bueno (Shell Racing) – a 9.566
21. Julio Campos (Prati-Mico’s Racing) – a 9.627
22. Tuka Rocha (RZ Motorsport) – a 1 Volta
23. Alceu Feldmann (Hanier Racing) – a 1 Volta
24. Fabio Fogaça (Schin Racing Team) – a 1 Volta
25. Lucas Foresti (RC3 Bassani) – a 1 Volta
26. Vicente Orige (Boettger Competições) – a 1 Volta
27. Beto Cavaleiro (Hanier Racing) – a 1 Volta
28. Felipe Fraga (Vogel Motorsport) – a 1 Volta
Não completaram 75% da prova
29. Luciano Burti (Vogel Motorsport) – a 6 Voltas
30. Raphael Matos (Hot Car Competições) – a 10 Voltas
*Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

Confira a classificação dos cinco primeiro no campeonato:
1. Átila Abreu – 145,5
2. Rubens Barrichello – 139
3. Cacá Bueno – 127
4. Sérgio Jimenez – 121
5. Thiago Camilo – 106,5
Texto: Vicar/Divulgação.

Fotos: Duda Bairros/Fernanda Freixosa – Divulgação