Evolução rápida no Moto 1000 GP surpreende pilotos do Team Suzuki-PRT

16 de setembro de 2014

76342a58ca8de9ecb67602c31b517fc5O Moto 1000 GP teve em 2014 a estreia do Team Suzuki-PRT em sua categoria principal, a GP 1000. Chefiada por José Carlos de Moraes, o “Pitico”, a equipe tem surpreendido seus quatro pilotos com a rapidez com que assumiu seu lugar entre as principais do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. A quinta etapa, abrindo a segunda metade da temporada, será disputada neste domingo (21) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO).

Renato Andreghetto, paulista que conquistou o título da GP Light no ano passado, é o melhor classificado dos integrantes do Team Suzuki-PRT no Moto 1000 GP – é o sexto colocado. Seu conterrâneo Nick Iatauro, vice-campeão da GP Light em 2012, está em 18º. O time conta ainda com os paranaenses Alan Douglas e Diego Faustino, campeão e vice da GP 1000 na temporada de 2011, que aparecem respectivamente em 11º e sétimo na tabela atual.

“Nós estamos muito mais perto do primeiro pelotão, e bem antes do que prevíamos”, constata Iatauro. “O acerto da moto, na verdade, já está na mão. Só precisamos testar as pistas, fazer pequenos ajustes, coisas assim. Eu estou muito feliz com o quanto a moto está rendendo, a equipe já está conseguindo enxergar a luz no fim desse túnel”, acrescenta o piloto paulista, satisfeito com as perspectivas. “Estamos de volta”, ele arremata.

4aabea0edf9f3b3ae58887c20667ce39Andreghetto confessa-se surpreso com o desempenho da equipe. “É um ano de estreia e aprendizado na categoria-rainha do Moto 1000 GP, estamos começando a desenvolver a moto e os resultados já apareceram”, afirma. Ele foi sexto na etapa de Cascavel (PR). “A equipe é muito boa, tem pilotos de alto nível, o melhor preparador da motovelocidade e a equipe mais competente no que faz. Quero fechar o campeonato entre os cinco primeiros”, estipula.

A evolução do Team Suzuki-PRT é constante, segundo aponta Faustino. “Estamos sempre entre as primeiras posições, isso é ótimo para a marca. Sempre quis correr de Suzuki, o Pitico acredita na moto e estamos satisfeitos”, manifesta. “O trabalho é recente e ainda estamos muito atrás de outras marcas que já têm anos de desenvolvimento, mas pretendemos brigar por vitórias já na segunda metade do campeonato. Aliás, já briguei duas vezes”, lembra.

A corrida que encerrou a primeira metade da temporada, em Cascavel, teve dois pilotos do Team Suzuki-PRT no pódio. O argentino Luciano Ribodino, que fez participação pontual pelo time, terminou em terceiro. Alan Douglas foi o quinto e conquistou seu primeiro troféu com a marca. “A Suzuki GSX R1000 é uma moto muito completa, que tem uma ciclística fantástica e permite boa dirigibilidade mesmo sem tanta eletrônica”, avalia o paranaense.

MOTO 1000 GP – CATEGORIA GP 1000
(Classificação após 4 de 8 etapas)
1º) Matthieu Lussiana (FRA/BMW), Petronas Alex Barros Racing, 68
2º) Wesley Gutierrez (PR/Kawasaki), Motonil Motors-PDV Brasil, 64
3º) Miguel Praia (POR/Honda), Center Moto Racing Team, 55
4º) Luciano Ribodino (ARG/Suzuki), Team Suzuki-PRT, 43
5º) Danilo Lewis (SP/Kawasaki), Motonil Motors-PDV Brasil-RC3, 39
6º) Renato Andreghetto (SP/Suzuki), Team Suzuki PRT, 30
7º) Diego Faustino (PR/Suzuki), Team Suzuki-PRT, 28
8º) Diego Pierluigi (ARG/Kawasaki), JC Racing Team, 27
9º) Nico Ferreira (PR/Kawasaki), HPN Racing, 26
9º) Danny Eslick (EUA/Kawasaki), JC Racing Team, 26
11º) Alan Douglas (PR/Suzuki), Team Suzuki-PRT, 18
11º) Lucas Barros (SP/BMW), Petronas Alex Barros Racing, 18
13º) Nasser Al Malki (QAT/Kawasaki), MR Lekhwiya Racing Team, 15
14º) Luís Fittipaldi (DF/Kawasaki), JC Racing Team, 14
15º) Marcos Salles (PR/Honda), Competizione Racing Team, 13
15º) Sebastiano Zerbo (ITA/Ducati), Squadra Ducati Ribeirão, 13
17º) Sergio Fasci (ARG/Yamaha), MGBikes Yamaha Racing, 12
18º) Nick Iatauro (SP/Suzuki), Team Suzuki-PRT, 10
19º) Diego Pretel (SP/Ducati), Squadra Ducati Ribeirão, 8
20º) Danilo Andric (SP/BMW), M2B Racing, 7
21º) Philippe Thiriet (MG/Kawasaki), Motonil Motors-PDV Brasil, 6
22º) Daniel Lenzi (PR/BMW), Grinjets, 4
23º) Alecsandre De Grandi (SP/Honda), Team De Grandi, 3
24º) Alex Barros (SP/BMW), BMW Motorrad Alex Barros Racing, 2
25º) Ricieri Luvizotto (SP/MR Lekhwiya Racing Team), 1

Fotos: Equipe Sanderson

 

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.