Equipe MR Lekhwiya Racing Team tem evolução, mas abandona prova em Goiânia

23 de setembro de 2014

234847_439455_nasser1_goiania_5aetapa_chacalA equipe MR Lekhwiya Racing Team continua seu processo de evolução no Moto 1000 GP, o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, que teve sua quinta etapa realizada no último fim de semana, na cidade de Goiânia. Os pilotos Nasser Al Malki e Ricieri Luvizotto, que competem com o modelo ZX-10R da Kawasaki, estiveram sempre entre os primeiros colocados nos treinos e corrida, mas ambos sofreram quedas e não concluíram a prova, que teve como vencedor o francês Matthieu Lussiana.

Largando em décimo após alguns problemas na classificação, Luvizotto partiu para cima ainda no começo da prova. Porém, na segunda volta, o piloto entrou forte em uma das curvas e sofreu a queda. “Estava rápido, tinha moto para ganhar algumas posições, mas perdi a frente e, quando fui corrigir, escapou a traseira e fui para o chão”, explicou Luvizotto. “A moto ficou totalmente destruída. Vamos trabalhar no conserto e continuar com nossa evolução. O fim de semana foi bom apesar da queda. A moto está melhorando a cada etapa”, afirmou.

234847_439457_equipe_goiania_5a_etapa_chacalJá Nasser Al Malki, do Qatar, fez sua melhor corrida no Moto 1000 GP. Em evolução constante, o piloto esteve em condições de chegar ao pódio. Quando ocupava a terceira colocação, brigando pelo segundo lugar, Al Malki escapou na saída de uma das curvas do miolo e sofreu a queda. “Foi uma pena, estava em uma briga boa pela segunda posição com o Ribodino e tinha condições de ultrapassá-lo. O importante é que estamos trabalhando constantemente a os resultados dentro da pista, do ponto de vista de desempenho, estão aparecendo”, disse o piloto.

234847_439454_ricieri1_goiania_5a_etapa_chacalA equipe corre contra o tempo para deixar as duas motos em condições de participar da sexta etapa do campeonato, que acontece no dia 26 de outubro, no Autódromo Internacional de Curitiba.

Resultado da quinta etapa:
1º) Matthieu Lussiana (FRA/BMW), Petronas Alex Barros Racing, 21min31s427
2º) Luciano Ribodino (ARG/BMW), Aclat Racing, a 1s726
3º) Diego Faustino (PR/Suzuki), Team Suzuki-PRT, a 11s105
4º) Danilo Lewis (SP/Kawasaki), Motonil Motors-PDV Brasil-RC3, a 11s171
5º) Douglas Figueiredo (SP/BMW), BMW Motorrad Alex Barros Racing, a 30s164
6º) Wesley Gutierrez (PR/Kawasaki), Motonil Motors-PDV Brasil, a 42s570
7º) Victor Moura (PR/BMW), M2B Racing, a 54s196

Não completaram:
Nasser Al Malki (QAT/Kawasaki), MR Lekhwiya Racing Team, a 2 voltas
Nick Iatauro (SP/Suzuki), Team Suzuki-PRT, a 3 voltas
Renato Andreghetto (SP/Suzuki), Team Suzuki PRT, a 4 voltas
Alan Douglas (PR/Suzuki), Team Suzuki-PRT, a 5 voltas
Luís Fittipaldi (DF/Kawasaki), JC Racing Team, a 6 voltas
Sergio Fasci (ARG/Yamaha), MGBikes Yamaha Racing, a 11 voltas
Philippe Thiriet (MG/Kawasaki), Motonil Motors-PDV Brasil, a 14 voltas
Diego Pierluigi (ARG/Kawasaki), JC Racing Team
Ricieri Luvizotto (SP/Kawasaki), MR Lekhwiya Racing Team

Após cinco etapas, a classificação da categoria GP 1000 é: 1º) Lussiana, 93 pontos; 2º) Gutierrez, 74; 3º) Ribodino, 63; 4º) Praia, 55; 5º) Lewis, 52; 6º) Faustino, 44; 7º) Andreghetto, 30; 8º) Pierluigi, 29; 9º) Ferreira e Eslick, 26; 11º) Douglas e L. Barros, 18; 13º) Al Malki, 15; 14º) Fittipaldi, 14; 15º) Salles e Zerbo, 13; 17º) Fasci, 12; 18º) Figueiredo, 11; 19º) Iatauro, 10; 20º) Moura, 9; 21º) Pretel, 8; 22º) Andric, 7; 23º) Thiriet, 6; 24º) Lenzi, 4; 25º) De Grandi, 3; 26º) A. Barros, 2; 27º) Luvizotto, 1.

Fotos: OChacalPhotoRace

2007-2013 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.